16 Dez. 2017: “Almas Perversas” de Fritz Lang – Cineclube Espoletta

O Cineclube Espoletta termina a Mostra do Filme Noir com exibição e debate de Almas Perversas, de Fritz Lang.

Sinopse: Enredo adaptado de A Cadela, um filme clássico francês de 1931 realizado por Jean Renoir. Na refilmagem, Lang lança um film noir hipnótico ao mostrar a obsessão amorosa de um homem de meia-idade. Nele se conta a história de Christopher Cross, que carrega a dureza de um casamento infeliz. Mas, tudo muda quando conhece Kitty, com quem irá ter uma aventura que o conduzirá ao abismo. Pintor de talento, Cross descobre que Kitty se aproveita dos quadros e os vende como se as obras fossem da autoria dela. Porém, acredita que o amor dele é correspondido e por isso permite que Kitty goze os louros da fama conquistada. Até que Cross perde completamente o controle ao descobrir a traição de Kitty, pois tem um caso com um homem chamado Johnny, que inclusive a influencia em se aproveitar dele. Como na maioria dos filmes dele produzidos no Estados Unidos, o mestre do expressionismo alemão capricha no visual claustrofóbico e tenso.  Continuar lendo

Anúncios

16 Dez. 2017: “A Ponte Das Artes” de Eugène Green – Cineclube do Atalante

O Cineclube do Atalante exibe e debate A Ponte Das Artes, de Eugène Green.

Sinopse: A Ponte das Artes centra-se em dois jovens: Pascal, um universitário desmotivado, e Sarah, uma cantora lírica com incertezas acerca do talento dela. As duas personagens, apesar de não se conhecerem pessoalmente, encontram-se interligadas devido a paixão pela arte e forte dedicação que dedicam à ela no dia a dia. Simultaneamente cômico e trágico, o filme aborda as inseguranças e tensões da juventude e a desorientação dos primeiros dias da idade adulta, onde é difícil definir os caminhos a seguir.

Continuar lendo

16 Dez. 2017: “Casablanca” de Michael Curtiz – Cineclube Espoletta Especial

O Cineclube Espoletta realiza uma sessão especial nesta semana, com exibição e debate de Casablanca, de Michael Curtiz, em comemoração ao aniversário de 75 anos do filme. Casablanca é um dos filmes mais assistidos, cultuados, queridos, citados e homenageados de todos os tempos.

No mesmo dia, ocorrerá também o encontro regular do cineclube, com início as 17h30.

Sinopse: Durante a Segunda Guerra Mundial, muitos fugitivos tentavam escapar dos nazistas por uma rota que passava pela cidade de Casablanca, no Marrocos. O exilado americano Rick Blaine encontrou refúgio na cidade, dirigindo uma das principais casas noturnas da região. Clandestinamente, tentando despistar o Capitão Renault, ele utiliza a influência e prestígio dele para ajudar refugiados, possibilitando que fujam para o Estados Unidos. Quando um casal pede a ajuda de Rick para deixar o país, ele reencontra uma grande paixão do passado, a bela Ilsa, com quem tivera um amor interrompido inesperadamente. Continuar lendo

14 Dez. 2017: “Eu Sou O Povo” de Anna Roussillon – CineDocs de 5ª

O CineDocs de 5ª exibe Eu Sou O Povo, de Anna Roussillon.

Sinopses: Em janeiro de 2011, o Egito foi marcado por manifestações contra o governo. Enquanto dezenas de milhares de manifestantes se reuniram em Cairo, moradores pobres no sul do país acompanharam a situação tensa na Praça Tahrir pela televisão. É a partir da perspectiva deles que este documentário apreende as mudanças políticas no Egito, desde a derrubada do presidente Mubarak até à eleição e queda de Morsi. O filme revela as esperanças e desilusões dos camponeses e mostra que, apesar dos eventos intensos, muito pouco muda na realidade do local. Filme muito peculiar no mundo dos documentários, a diretora conviveu com as pessoas durante três anos, resultando num material extenso e riquíssimo, com os personagens revelando coisas que só vem com o tempo; em paralelo, com a convivência em longo prazo que costuma resultar em intimidade, junto surgem conflitos, como em quase toda relação humana, sendo que a cineasta não buscou esconder isso na edição final.
Continuar lendo

13 Dez. 2017: “Abril E O Mundo Extraordinário” de C. Desmares e F. Ekinci – Cine Tijolo

O Cine Tijolo exibe Abril E O Mundo Extraordinário, de Christian Desmares e Franck Ekinci. Diferentemente do projeto Cine Esquina, o Cine Tijolo acontece ao ar livre. O filme é projetado no paredão lateral do Teatro do SESC da Esquina.

Atenção: a exibição vai acontecer na versão dublada em português.

Sinopse: Em 1941, a França, ainda em um estado atrasado de desenvolvimento, presa ao Século 19, é governada por Napoleão V. Durante um período de 70 anos, uma coisa peculiar vem acontecendo: cientistas franceses desaparecem misteriosamente sem que ninguém saiba o motivo. As coisas mudam quando os pais de Avril, também cientistas, somem, e ela decide ir à procura dos dois. “Depois de ter sua criação mais icônica, As Aventuras Extraordinárias de Adèle Blanc-Sec, adaptada pelo cineasta Luc Besson em uma versão live-action que recebeu por aqui o título As Múmias do Faraó (2010), o cultuado artista francês dos quadrinhos Jacques Tardi volta a ver seu universo transportado para a tela grande com a animação Abril e o Mundo Extraordinário. A ideia para o longa partiu do roteirista Benjamin Legrand, que desejava criar uma história original inspirada no trabalho de Tardi, um amigo de longa data, e após alguns anos de desenvolvimento conseguiu tirá-la do papel tendo o próprio cartunista como co-criador do roteiro e de todo o design gráfico. O resultado é uma fantasia extremamente elaborada, rica em conteúdo e visualmente fascinante. (…) Dirigido pela dupla Christian Desmares e Franck Ekinci, Abril e o Mundo Extraordinário apresenta diversos elementos temáticos e estéticos da ficção-científica steampunk. A mistura entre o retrô e o futurista dita todo o visual do longa, com suas máquinas a vapor, dirigíveis e outros tantos aparatos tecnológicos fantasiosos. O traço da animação remete ao estilo de ilustração do belga Hergé, o criador de Tintim, com linhas fortes e simplicidade na concepção física dos personagens contrastando com a complexidade quase realista de objetos e cenários. É possível perceber o cuidado com os detalhes em cada quadro, com o uso de uma paleta de cores acinzentada para representar um mundo envolto pela fuligem e fumaça da queima de carvão, além de um excelente trabalho de sombras e perspectiva para dar profundidade à animação 2D tradicional.” (Leonardo Ribeiro)

Continuar lendo

12 Dez. 2017: “Eu, Daniel Blake” de Ken Loach – Cine na 3ª

O Cine na 3ª exibe Eu, Daniel Blake, de Ken Loach.

Sinopse: Daniel Blake é um carpinteiro de cinquenta e nove anos de idade quer mora no nordeste da Inglaterra, que sofre um ataque cardíaco e necessita do benefício do Subsídio de Emprego e Apoio (Employment and Support Allowance). Enquanto ele se esforça para superar a burocracia necessária para obter o auxílio, conhece então Katie, uma mãe solteira de dois filhos, Dylan e Daisy, que para evitar que morem num albergue de pessoas desabrigadas em Londres, terá que mudar-se para um alojamento a mais de 480 quilômetros de distância da terra natal. Continuar lendo

11 Dez. 2017: “Starman – O Homem Das Estrelas” de John Carpenter – Cine FAP

O Cine FAP exibe e debate Starman – O Homem Das Estrelas, de John Carpenter.

Sinopse: Um alienígena viaja até o Planeta Terra em missão de paz, atendendo as mensagens de convite espalhadas no Universo pela nave Voyager 2. Porém, chegando no planeta, tem uma recepção nada amistosa… É atacado e tem a espaçonave derrubada. Ele acaba parando na casa de uma recém-viúva, Jenny. O alienígena assume os atributos físicos do falecido marido, e tem de convencer Jenny a levá-lo de volta à espaçonave, senão morrerá em 3 dias. E as autoridades do governo querem capturá-lo a todo custo. Continuar lendo

09 Dez. 2017: “Anjo Do Mal” de Samuel Fuller – Cineclube do Atalante

O Cineclube do Atalante exibe e debate Anjo Do Mal, de Samuel Fuller.

Sinopse: O batedor de carteiras Skip McCoy rouba Candy no metrô. Ele ainda não sabe, mas dentro da bolsa que acabou de pegar, está um pedaço de microfilme com importantes segredos do governo. Candy tenta seduzir Skip para recuperar o material, mas acaba se apaixonando pelo bandido. Skip passa a estar na mira da polícia e também dos comunistas, os verdadeiros donos do microfilme. Continuar lendo

09 Dez. 2017: “Entre Dois Fogos” de Anthony Mann – Cineclube Espoletta

O Cineclube Espoletta continua a Mostra do Filme Noir com exibição e debate de Entre Dois Fogos, de Anthony Mann.

Sinopse: Joe Sullivan escapa da prisão com a cumplicidade da sua amiga Pat Cameron, loucamente apaixonada por ele. Na fuga, ele tem de tomar como refém Ann Martin, a jovem e bela assistente do advogado dele, a fim de que não o denuncie. Sullivan espera encontrar o temível chefe da quadrilha Rick Coyle, que lhe deve dinheiro, sem saber que este o tinha traído anteriormente e que arranjou a fuga para que fosse morto pela polícia. No decorrer das situações, cria-se um triângulo amoroso entre Joe, Pat e Ann. “O melhor dos noirs dirigidos por Mann nos anos 1940, um Bonnie & Clyde versão threesome, que ultrapassa com sobras as limitações do gênero. Belo uso do claro e escuro, da contra-plongée, da câmera subjetiva e alguns enquadramentos à la De Palma.” (comentário de Régis Trigo)  Continuar lendo

04 Dez. 2017: “Noites De Cabíria” de Federico Fellini – Cine FAP

O Cine FAP exibe e debate Noites De Cabíria, de Federico Fellini.

Sinopse: Cabíria sobrevive como prostituta. Sempre otimista, apesar da brutalidade da vida dela, em paralelo ao trabalho vaga pelas ruas de Roma, procurando pelo verdadeiro amor. Mas, decepções amorosas são abundantes na vida dela… Após ter tentado de tudo, inclusive ajuda divina, ela acha o pretendente dos sonhos no local e hora mais inapropriados. Mas, será ele tão perfeito assim? Continuar lendo

03 Dez. 2017: “Jonas E O Circo Sem Lona” de Paula Gomes – Cineclube de Cinema Brasileiro

O Cineclube de Cinema Brasileiro exibe e debate Jonas E O Circo Sem Lona, de Paula Gomes. Atenção: o encontro do cineclube excepcionalmente ocorrerá no domingo.

Sinopse: No fundo do quintal, numa casa na periferia de Salvador, Jonas, de 13 anos, mantém um pequeno circo. Ele vem de uma família circense e treina os amigos para apresentar-se num espetáculo, cobrando ingressos baratos das crianças que moram por perto. No entanto, quando as aulas começam, os colegas o abandonam… É cada vez mais difícil para Jonas sustentar o sonho de pé, especialmente porque a mãe e a avó insistem que agora ele tem que estudar.  Continuar lendo

02 Dez. 2017: “Anjo Do Mal” de Samuel Fuller – Cineclube Espoletta

O Cineclube Espoletta continua a Mostra do Filme Noir com exibição e debate de Anjo Do Mal, de Samuel Fuller.

Sinopse: O batedor de carteiras Skip McCoy rouba Candy no metrô. Ele ainda não sabe, mas dentro da bolsa que acabou de pegar, está um pedaço de microfilme com importantes segredos do governo. Candy tenta seduzir Skip para recuperar o material, mas acaba se apaixonando pelo bandido. Skip passa a estar na mira da polícia e também dos comunistas, os verdadeiros donos do microfilme. Continuar lendo

30 Nov. 2017: “Fanny & Alexander” de Ingmar Bergman – Cine Esquina

O Cine Esquina finaliza a Mostra Ingmar Bergman  com Fanny & Alexander. O filme terá duas exibições no mesmo dia, as 12h00 e 18h00.

Sinopse: No início do Século 20, após um alegre Natal da família Ekdahl, o pai de um casal de crianças vem a falecer. Deste momento em diante, Alexander, o menino, passa a ver o fantasma do pai frequentemente. Tempos depois, Emilie, a mãe, casa-se com um homem religioso extremamente rígido, e as crianças são obrigadas a deixar a casa da avó paterna, onde eram muito felizes, e passam a viver com a família do padrasto de hábitos severos, onde são tratados como prisioneiros. Na casa do padrasto, o menino passa a ver o fantasma da primeira esposa do padrasto e filhas, que haviam morrido tentando escapar da casa. Decorrido algum tempo, a mãe se conscientiza da real personalidade do marido e de quanto os filhos sofrem naquela casa, e começa a planejar uma fuga. Continuar lendo

28 Nov. 2017: “Sonata De Outono” de Ingmar Bergman – Cine Esquina

O Cine Esquina continua a Mostra Ingmar Bergman  com Sonata De Outono. O filme terá duas exibições no mesmo dia, as 12h00 e 18h00.

Sinopse: Após ter sido uma mãe ausente por anos, Charlotte, renomada pianista, vai até a casa da filha Eva para uma visita. Ela se surpreende ao encontrar uma outra filha, Helena, que sofre de problemas mentais. Eva tirou Helena da instituição que Charlotte a havia internado para cuidar dela em casa. A tensão entre mãe e filha começa a crescer e vai se intensificando, até colocarem tudo em panos limpos, dizendo uma à outra tudo que sempre quiseram dizer.

Continuar lendo