28 Nov. a 03. Dez. 2017: Cine Tornado Festival 2017 – Fundação Cultural de Curitiba

A Cinemateca de Curitiba recebe a edição de 2017 do Cine Tornado Festival. A produção é de Curitiba e São Paulo, com curadoria da antropóloga e cineasta Eveline Stella de Araujo e do artista e cineasta Roderick Steel.

Confira o texto oficial de apresentação do Festival:

Em uma macro sociedade do espetáculo, saber compor curadorias que aproximem expressões locais e expressões globais é uma arte que estimula o diálogo entre as artes indie e mainstream. O Cine Tornado Festival permite esse deslocar dos filmes de seu local de produção para gerar conhecimento e redes de relação que fomentam o Cinema, pelo caráter nacional e internacional que o caracteriza. Um festival de filmes feito no e do Brasil para o mundo, com parcerias e ideais de renovação do cinema, contando com diretores nacionais e internacionais. A programação atende a três eixos básicos:

1) exibição de acervos de digitalização (parceria com os centros de memória, tais como, cinematecas ou memoriais nacionais e internacionais), estimulando a divulgação de filmes restaurados e digitalizados, contando assim um pouco da história do cinema por meio dos próprios filmes;

2) difusão de produções cinematográficas decorrentes de pesquisas científicas como etnoficção, documentários e filmes experimentais e artísticos (parceria com os centros de pesquisa como Laboratório de Imagem e Som da Antropologia da USP e outros laboratórios nacionais, ou como o Centro em Rede de Investigação em Antropologia – CRIA em Portugal, entre outros);

3) abertura de espaço às novas gerações de cineastas, incentivo ao cine-escola, oficinas de cinema e jovens realizadores independentes. Continuar lendo

Anúncios

27 Nov. 2017: “A Falecida” de Leon Hirszman – Cine FAP

O Cine FAP exibe e debate A Falecida, de Leon Hirszman.

Sinopse: Após uma visita à cartomante, Zulmira é informada que uma loira pode ameaçar a paz dela. Ao conversar com o marido Toninho, ela desconfia que a prima Glorinha pode ser a tal loira. Mal de saúde, Zulmira faz todos os preparativos para o dia da própia morte e pede ao marido desempregado que trate dos custos do caixão e funeral com um homem chamado João Guimarães Pimentel. O que Toninho não sabe é que Zulmira e este homem escondem alguns segredos que ele jamais poderia imaginar. Continuar lendo

25 Nov. 2017: “Cidade Tenebrosa” de Andre de Toth – Cineclube Espoletta

O Cineclube Espoletta continua a Mostra do Filme Noir com exibição e debate de Cidade Tenebrosa, de Andre de Toth.

Sinopse: Quando três criminosos fugitivos roubam um posto de gasolina e matam um patrulheiro rodoviário, a polícia começa uma verdadeira caçada humana para agarrá-los. Um dos bandidos fica ferido no tiroteio e resolve procurar por um antigo colega de cela que se regenerou, Steve Lacey. Isso traz uma série de problemas a Lacey, que entra na mira do detetive no comando das investigações e passa a ser acusado de cúmplice dos bandidos. Continuar lendo

25 Nov. 2017: “Como Fera Encurralada” de Claude Sautet – Cineclube do Atalante

O Cineclube do Atalante exibe e debate Como Fera Encurralada, de Claude Sautet.

Sinopse: Abel Davos e Raymond Naldi, dois ladrões que operam na Itália, são encurralados pela polícia durante a fuga, na fronteira. Ocorrem algumas mortes. Abel se vê sozinho com os dois filhos pequenos e chega a Nice, França, de onde não pode sair. Pede então auxílio aos amigos em Paris, que enviam um estranho, Eric Stark, com um plano audacioso para a fuga. Mas, logo Abel descobre que a lealdade de seus amigos não é tão grande como esperava. Continuar lendo

25 Nov. 2017: “Ascensor Para O Cadafalso” de Louis Malle – Cineclube Aliança Francesa

O Cineclube Aliança Francesa exibe e debate Ascensor Para O Cadafalso, de Louis Malle.

Sinopse: O filme conta a história da enigmática Florence Carala. Casada com o milionário Simon Carala, mas apaixonada por outro, Florence decide matar o marido com a ajuda do amante Julien Tavernier. Tavernier é um ex-militar que trabalha como espião na Indochina. Planejado para parecer um suicídio, as coisas começam a dar errado quando Tavernier decide buscar uma corda no terraço, e acaba ficando preso no elevador. Continuar lendo

25 Nov. 2017: “Corpo Elétrico” de Marcelo Caetano – Cineclube de Cinema Brasileiro

O Cineclube de Cinema Brasileiro exibe e debate Corpo Elétrico, de Marcelo Caetano. Atenção: o encontro do cineclube excepcionalmente será as 19h30.

Sinopse: Elias é o jovem criador de uma fábrica de confecção roupas no centro de São Paulo. Ele mantém pouco contato com a família na Paraíba, e passa os dias entre o trabalho e os encontros com outros homens. Enquanto reflete sobre as possibilidades de futuro, começa a ficar cada vez mais próximo dos colegas de trabalho. Parte da equipe forma um grupo de amigos que passam o tempo livre explorando a noite da cidade, driblando a solidão e buscando inspiração no caos e na alegria ao redor. Continuar lendo

25 Nov. 2017: “Através De Um Espelho” de Ingmar Bergman – Psicanálise & Cinema

O projeto Psicanálise & Cinema exibe e debate Através De Um Espelho, fechando o Ciclo “A Trilogia do Silêncio de Ingmar Bergman“.

O projeto, que acontece mensalmente no Museu Guido Viaro, pretende trabalhar o tema Psicanálise & Cinema a partir de filmes que permitem uma densa abordagem psicanalítica. O projeto é concebido e organizado pela psicanalista Elenice Milani, que conduzirá o debate após as exibições. A ideia principal do projeto é de deixar um espaço para o debate sobre os temas abordados, partindo sempre de um esclarecimento psicanalítico.

Sinopse: Um dos filmes da importante Trilogia do Silêncio de Ingmar Bergman. Karin volta para casa após uma temporada em um hospital psiquiátrico. Ela vive em uma ilha com o solitário irmão, o marido e o pai. As relações familiares vão se deteriorando conforme a instabilidade emocional de Karin vai ganhando força. Continuar lendo

23 a 28 Nov. 2017: Mostra “Jean-Pierre Melville – O Cineasta das Sombras” – Guaipeca Filmes

A Guaipeca Filmes do Brasil, em parceria com a rede de cinemas Cineplus e com o Shopping Água Verde,  traz para Curitiba a Mostra “Jean-Pierre Melville – O Cineasta das Sombras”, produzida pelo Institut Français.

Na programação, um curta-metragem e cinco longas-metragens do diretor, marcando a celebração de 100 anos do nascimento de Jean-Pierre Melville. Nascido em 1917 e falecido em 1973, estaria completando 100 anos se estivesse vivo. Todas as cópias em DCP dos filmes restaurados e rematerizados.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

23 de Novembro, quinta-feira as 21h00. 24 Horas Na Vida De Um Palhaço (1946). Um dia na vida dos palhaços Beby e Maïs. Mostra como durante o dia, encontram inspiração para as piadas que irão contar à noite no circo. O Silêncio Do Mar (1949). Em uma pequena cidade da França ocupada pela Alemanha em 1941, o oficial alemão Werner Von Ebrennac está alojado na casa de um homem com a sobrinha. Os dois se recusam a falar com ele, mas toda a hora o oficial fala de coisas do país dele, e disserta a visão idealista da relação entre França e Alemanha. Até que ele visita Paris e descobre o que realmente está acontecendo.

Trailer: https://youtu.be/FxLLm3DTFGg

Continuar lendo

CANCELADO: “A Hora Do Lobo” de Ingmar Bergman – Cine Esquina

A técnica de atividades responsável pelos projetos de cinema do SESC da Esquina informou que estão canceladas as exibições do filme A Hora Do Lobo, de Ingmar Bergman, previstas para o dia 20/11, terça-feira. Por problemas técnicos da sala, não haverá nenhuma exibição prevista para a semana. A Mostra Ingmar Bergman continuará semana que vem (28 e 30/11).

Como não é demais lembrar, as atividades divulgadas no Cinema em Curitiba estão sujeitas a modificações e cancelamentos. Este espaço é apenas um veículo de divulgação, sem envolvimento direto com a organização e produção das atividades.

Lamento pelo transtorno e conto com a compreensão de todas e todos.

Cinema em Curitiba

20 de novembro de 2017

https://cinemaemcuritiba.wordpress.com/
https://www.facebook.com/cinemaemcuritiba

22 a 26 Nov. 2017: 10º Festival de Cinema da Lapa – Instituto Histórico e Cultural da Lapa

Instituto Histórico e Cultural da Lapa, em parceria com o Instituto Borges da Silveira, realiza a décima edição do Festival de Cinema da Lapa.

As marcas principais do festival são a predominância do recorte popular, em vez do “cinema cabeça” próprio da cinefilia que é majoritário na maioria dos festivais; a variedade de gêneros e formatos, contemplando até mesmo filmes gravados em dispositivos móveis e programação para o público infantil; forte apoio ao cinema local da Lapa e paranaense; e exibições também em local público e semi-aberto (tenda), constituindo forte caráter agregador.

Já faz alguns anos que o Festival de Cinema da Lapa está entre os mais importantes no estado do Paraná, e tem a importância de levar o cinema para fora dos grandes centros e mobilização de público e produtores.

Confira um resumo do release oficial do Festival:

Entre os dias 22 e 26 de novembro, acontece a 10ª edição do tradicional Festival de Cinema da Lapa, no histórico município da Lapa, Paraná, realizado pelo Instituto Histórico e Cultural da Lapa, em parceria com o Instituto Borges da Silveira, contando com uma diversa gama de apoiadores.

Durante a programação oficial, serão exibidos gratuitamente 34 filmes, além da realização de oficinas, palestras e bate-papos, em dois espaços selecionados especialmente para o festival: uma enorme tenda instalada na Alameda David Carneiro e o histórico Theatro São João. Continuar lendo

20 Nov. 2017: “A Taberna Do Inferno” de Sylvester Stallone – Cine FAP

O Cine FAP exibe e debate A Taberna Do Inferno, de Sylvester Stallone.

Sinopse: No submundo da Nova York do pós-guerra (1946), Em 1946, no submundo de Nova York, “Big Glory”, “O Espancador” e “O Valentão”, os Irmãos Carboni, usam os punhos para sobreviver. Brutos, insensíveis e cheios de vícios, eles são a atração da Taberna do Inferno, um lugar frequentado pela escória da sociedade. Continuar lendo

18 Nov. 2017: “Cidade Nua” de Jules Dassin – Cineclube Espoletta

O Cineclube Espoletta continua a Mostra do Filme Noir com exibição e debate de Cidade Nua, de Jules Dassin.

Sinopse: Dois detetives da cidade de Nova York, Don Muldoon e Jimmy Halloran são designados pra investigar um misterioso assassinato de uma mulher. Seguindo os rastros de joias roubadas ligadas ao crime, os detetives localizam Ruth e o noivo. Os dois, juntamente com o assassino da mulher, controlam um ladrão de joias que vem importunando a sociedade de Nova York.  Continuar lendo

16 Nov. 2017: “Vergonha” de Ingmar Bergman – Cine Esquina

O Cine Esquina continua a Mostra Ingmar Bergman  com Vergonha. O filme terá duas exibições no mesmo dia, as 12h00 e 18h00.

Sinopse: Em meio a uma guerra civil nos balcãs, um casal de violinistas, que se dizem apolíticos, fogem para viver isolados em uma ilha, onde sustentam-se com o cultivo e a venda de produtos da terra. Essa vida alienada acaba quando um grupo de soldados invade a ilha, e a população local reage criando um movimento de guerrilha. A partir desse momento, o casal não poderá ficar mais alheio à tudo o que acontece, e terão que lidar com as misérias, a destruição e os horrores da guerra.
Continuar lendo

16 Nov. 2017: “Upstream Color” de Shane Carruth – Cineclube Sesi São José dos Pinhais

O Cineclube Sesi São José dos Pinhais termina o Ciclo “O Cinema Existencial de Shane Carruth” com exibição e debate de Upstream Color. Atenção: excepcionalmente o cineclube inicia as 16h00 nesta semana.

Confira a apresentação oficial do Ciclo: Poucas produções cinematográficas são tão surpreendentes e atemporais como a do canadense Shane Carruth. Em homenagem ao artista, a edição de novembro do Cineclube Sesi de São José dos Pinhais se intitula “O Cinema Existencial de Shane Carruth”, e vai exibir dois longas em que o artista dirige, escreve e atua. As obras são perturbadoramente instigantes e impressionam pela complexidade narrativa e pelo apuro estético.

Sinopse: O enredo narra a trama de um homem e uma mulher que se aproximam devido ao ciclo de vida de um organismo, uma experiência/operação onde ambos criaram um elo com um porco. A partir daí, suas reais identidades se tornam uma verdadeira ilusão, enquanto lutam para reunir os fragmentos de suas vidas destruídas. Continuar lendo