14 Dez. 2017: “Eu Sou O Povo” de Anna Roussillon – CineDocs de 5ª

O CineDocs de 5ª exibe Eu Sou O Povo, de Anna Roussillon.

Sinopse: Em janeiro de 2011, o Egito foi marcado por manifestações contra o governo. Enquanto dezenas de milhares de manifestantes se reuniram em Cairo, moradores pobres no sul do país acompanharam a situação tensa na Praça Tahrir pela televisão. É a partir da perspectiva deles que este documentário apreende as mudanças políticas no Egito, desde a derrubada do presidente Mubarak até à eleição e queda de Morsi. O filme revela as esperanças e desilusões dos camponeses e mostra que, apesar dos eventos intensos, muito pouco muda na realidade do local. Filme muito peculiar no mundo dos documentários, a diretora conviveu com as pessoas durante três anos, resultando num material extenso e riquíssimo, com os personagens revelando coisas que só vem com o tempo; em paralelo, com a convivência em longo prazo que costuma resultar em intimidade, junto surgem conflitos, como em quase toda relação humana, sendo que a cineasta não buscou esconder isso na edição final.
Continuar lendo

Anúncios

13 Dez. 2017: “Abril E O Mundo Extraordinário” de C. Desmares e F. Ekinci – Cine Tijolo

O Cine Tijolo exibe Abril E O Mundo Extraordinário, de Christian Desmares e Franck Ekinci. Diferentemente do projeto Cine Esquina, o Cine Tijolo acontece ao ar livre. O filme é projetado no paredão lateral do Teatro do SESC da Esquina.

Atenção: a exibição vai acontecer na versão dublada em português.

Sinopse: Em 1941, a França, ainda em um estado atrasado de desenvolvimento, presa ao Século 19, é governada por Napoleão V. Durante um período de 70 anos, uma coisa peculiar vem acontecendo: cientistas franceses desaparecem misteriosamente sem que ninguém saiba o motivo. As coisas mudam quando os pais de Avril, também cientistas, somem, e ela decide ir à procura dos dois. “Depois de ter sua criação mais icônica, As Aventuras Extraordinárias de Adèle Blanc-Sec, adaptada pelo cineasta Luc Besson em uma versão live-action que recebeu por aqui o título As Múmias do Faraó (2010), o cultuado artista francês dos quadrinhos Jacques Tardi volta a ver seu universo transportado para a tela grande com a animação Abril e o Mundo Extraordinário. A ideia para o longa partiu do roteirista Benjamin Legrand, que desejava criar uma história original inspirada no trabalho de Tardi, um amigo de longa data, e após alguns anos de desenvolvimento conseguiu tirá-la do papel tendo o próprio cartunista como co-criador do roteiro e de todo o design gráfico. O resultado é uma fantasia extremamente elaborada, rica em conteúdo e visualmente fascinante. (…) Dirigido pela dupla Christian Desmares e Franck Ekinci, Abril e o Mundo Extraordinário apresenta diversos elementos temáticos e estéticos da ficção-científica steampunk. A mistura entre o retrô e o futurista dita todo o visual do longa, com suas máquinas a vapor, dirigíveis e outros tantos aparatos tecnológicos fantasiosos. O traço da animação remete ao estilo de ilustração do belga Hergé, o criador de Tintim, com linhas fortes e simplicidade na concepção física dos personagens contrastando com a complexidade quase realista de objetos e cenários. É possível perceber o cuidado com os detalhes em cada quadro, com o uso de uma paleta de cores acinzentada para representar um mundo envolto pela fuligem e fumaça da queima de carvão, além de um excelente trabalho de sombras e perspectiva para dar profundidade à animação 2D tradicional.” (Leonardo Ribeiro)

Continuar lendo

12 Dez. 2017: “Eu, Daniel Blake” de Ken Loach – Cine na 3ª

O Cine na 3ª exibe Eu, Daniel Blake, de Ken Loach.

Sinopse: Daniel Blake é um carpinteiro de cinquenta e nove anos de idade quer mora no nordeste da Inglaterra, que sofre um ataque cardíaco e necessita do benefício do Subsídio de Emprego e Apoio (Employment and Support Allowance). Enquanto ele se esforça para superar a burocracia necessária para obter o auxílio, conhece então Katie, uma mãe solteira de dois filhos, Dylan e Daisy, que para evitar que morem num albergue de pessoas desabrigadas em Londres, terá que mudar-se para um alojamento a mais de 480 quilômetros de distância da terra natal. Continuar lendo

30 Nov. 2017: “Fanny & Alexander” de Ingmar Bergman – Cine Esquina

O Cine Esquina finaliza a Mostra Ingmar Bergman  com Fanny & Alexander. O filme terá duas exibições no mesmo dia, as 12h00 e 18h00.

Sinopse: No início do Século 20, após um alegre Natal da família Ekdahl, o pai de um casal de crianças vem a falecer. Deste momento em diante, Alexander, o menino, passa a ver o fantasma do pai frequentemente. Tempos depois, Emilie, a mãe, casa-se com um homem religioso extremamente rígido, e as crianças são obrigadas a deixar a casa da avó paterna, onde eram muito felizes, e passam a viver com a família do padrasto de hábitos severos, onde são tratados como prisioneiros. Na casa do padrasto, o menino passa a ver o fantasma da primeira esposa do padrasto e filhas, que haviam morrido tentando escapar da casa. Decorrido algum tempo, a mãe se conscientiza da real personalidade do marido e de quanto os filhos sofrem naquela casa, e começa a planejar uma fuga. Continuar lendo

28 Nov. 2017: “Sonata De Outono” de Ingmar Bergman – Cine Esquina

O Cine Esquina continua a Mostra Ingmar Bergman  com Sonata De Outono. O filme terá duas exibições no mesmo dia, as 12h00 e 18h00.

Sinopse: Após ter sido uma mãe ausente por anos, Charlotte, renomada pianista, vai até a casa da filha Eva para uma visita. Ela se surpreende ao encontrar uma outra filha, Helena, que sofre de problemas mentais. Eva tirou Helena da instituição que Charlotte a havia internado para cuidar dela em casa. A tensão entre mãe e filha começa a crescer e vai se intensificando, até colocarem tudo em panos limpos, dizendo uma à outra tudo que sempre quiseram dizer.

Continuar lendo

CANCELADO: “A Hora Do Lobo” de Ingmar Bergman – Cine Esquina

A técnica de atividades responsável pelos projetos de cinema do SESC da Esquina informou que estão canceladas as exibições do filme A Hora Do Lobo, de Ingmar Bergman, previstas para o dia 20/11, terça-feira. Por problemas técnicos da sala, não haverá nenhuma exibição prevista para a semana. A Mostra Ingmar Bergman continuará semana que vem (28 e 30/11).

Como não é demais lembrar, as atividades divulgadas no Cinema em Curitiba estão sujeitas a modificações e cancelamentos. Este espaço é apenas um veículo de divulgação, sem envolvimento direto com a organização e produção das atividades.

Lamento pelo transtorno e conto com a compreensão de todas e todos.

Cinema em Curitiba

20 de novembro de 2017

https://cinemaemcuritiba.wordpress.com/
https://www.facebook.com/cinemaemcuritiba

16 Nov. 2017: “Vergonha” de Ingmar Bergman – Cine Esquina

O Cine Esquina continua a Mostra Ingmar Bergman  com Vergonha. O filme terá duas exibições no mesmo dia, as 12h00 e 18h00.

Sinopse: Em meio a uma guerra civil nos balcãs, um casal de violinistas, que se dizem apolíticos, fogem para viver isolados em uma ilha, onde sustentam-se com o cultivo e a venda de produtos da terra. Essa vida alienada acaba quando um grupo de soldados invade a ilha, e a população local reage criando um movimento de guerrilha. A partir desse momento, o casal não poderá ficar mais alheio à tudo o que acontece, e terão que lidar com as misérias, a destruição e os horrores da guerra.
Continuar lendo

14 Nov. 2017: “Quando Duas Mulheres Pecam” de Ingmar Bergman – Cine Esquina

O Cine Esquina continua a Mostra Ingmar Bergman  com Quando Duas Mulheres Pecam (Persona). O filme terá duas exibições no mesmo dia, as 12h00 e 18h00.

Sinopse: Após um desempenho na peça “Electra”, uma famosa atriz, Elisabeth Vogler, para de falar. A psiquiatra dela, Lakaren, a deixa sob os cuidados de Alma, uma dedicada enfermeira. Como já faz três meses que Elisabeth não profere uma só palavra, Lakaren decide que ela deva ser mandada para uma isolada casa de praia, acompanhada de Alma. Na casa Alma fala pelas duas – inclusive revelando fatos íntimos da vida dela – pois Elisabeth continua muda, comunicando-se apenas com pequenos gestos. O que a atriz esconde, e o que está pretendendo?
Continuar lendo

09 Nov. 2017: “Morangos Silvestres” de Ingmar Bergman – Cine Esquina

O Cine Esquina continua a Mostra Ingmar Bergman  com Morangos Silvestres. O filme terá duas exibições no mesmo dia, as 12h00 e 18h00.

Sinopse: Isak Borg é um professor de Medicina que revisita vários momentos marcantes do passado, durante uma viagem de carro até a antiga universidade dele, onde receberá uma honraria. Acompanhado da nora Marianne, ele evoca a memória da família e de uma ex-namorada. Durante a viagem acaba por conhecer uma garota adolescente que em muito se assemelha a Sara, o antigo amor. A jovem pega carona com o professor e Marianne. Quanto mais Borg recorda as decepções e desilusões que viveu, mais ele se sente frio e cheio de culpa.
Continuar lendo

07 Nov. 2017: “O Sétimo Selo” de Ingmar Bergman – Cine Esquina

O Cine Esquina inicia a Mostra Ingmar Bergman  com O Sétimo Selo. O filme terá duas exibições no mesmo dia, as 12h00 e 18h00.

Sinopse: Após dez anos, um cavaleiro retorna das Cruzadas e encontra o país devastado pela Peste Negra. A fé dele em Deus é sensivelmente abalada, e enquanto reflete sobre o significado da vida, a Morte surge querendo levá-lo, alegando que chegou a hora do cavaleiro. Com o objetivo de ganhar tempo, ele convida a Morte para um jogo de xadrez, que decidirá se ele deixará ou não de viver. A Morte concorda com o desafio, visto que nunca perdeu um jogo de xadrez.
Continuar lendo

26 Out. 2017: “O Signo Das Tetas” de Frederico Machado – Cine Esquina

O Cine Esquina continua a programação “Especial Brasileiros” com O Signo Das Tetas, de Frederico Machado. O filme terá duas exibições no mesmo dia, as 12h00 e 18h00.

Sinopse: O Signo das Tetas narra em tons de drama existencialista o percurso de um homem em busca do passado dele, percorrendo as estradas do interior do Maranhão. Na jornada existencial, ele reencontra signos que refazem a vida e mostram-no o caminho para a salvação. Esse personagem, encontra-se no limiar entre a razão e a loucura, entre o caos e a fé.
Continuar lendo

26 Out. 2017: “Democracia Em Preto E Branco” de Pedro Asbeg – CineDocs de 5ª

O CineDocs de 5ª exibe Democracia Em Preto E Branco, de Pedro Asbeg.

Sinopses: Durante o ano de 1982 a Ditadura Militar completava 18 anos no Brasil. A música popular brasileira sobrevivia de metáforas, devido a grande opressão e censura. O clube de futebol Corinthians passava por um período interno turbulento. Em meio disso, o rock nacional começava a nascer. O filme mostra como a música, o esporte e a política se encontraram para mudar o rumo da história do país.
Continuar lendo

24 Out. 2017: “A Passageira” de Salvador Del Solar – Cine na 3ª

O Cine na 3ª exibe A Passageira, de Salvador Del Solar.

Sinopse: Certa tarde, Magallanes reconhece a passageira que sobe no táxi dele. É Celina, mulher que conheceu há mais de 20 anos em circunstâncias completamente diferentes, fazendo parte do passado sombrio que possui. Em busca de redenção, ele fará tudo o que puder para ajudá-la a superar a difícil situação pela qual está passando. Magallanes não sabe, porém, que Celina prefere perder tudo a ser ajudada por ele. Continuar lendo

24 Out. 2017: “Sinfonia Da Necrópole” de Juliana Rojas – Cine Esquina

O Cine Esquina continua a programação “Especial Brasileiros” com Sinfonia Da Necrópole, de Juliana Rojas. O filme terá duas exibições no mesmo dia, as 12h00 e 18h00.

Sinopse: O jovem aprendiz de coveiro Deodato está com o emprego em risco. Os outros coveiros duvidam da capacidade dele para o trabalho. O tio Jaca tenta sensibilizá-lo para a função, mas é inútil: o trabalho aflige a Deodato, que tem aspirações artísticas. A rotina melhora quando Jaqueline surge no cemitério. Funcionária do serviço funerário, com a ajuda do rapaz inicia um levantamento sobre túmulos abandonados. A paixão impede Deodato de pedir demissão, mas estranhos eventos continuam a abalar o estado psicológico dele.
Continuar lendo