16 Dez. 2017: “A Ponte Das Artes” de Eugène Green – Cineclube do Atalante

O Cineclube do Atalante exibe e debate A Ponte Das Artes, de Eugène Green.

Sinopse: A Ponte das Artes centra-se em dois jovens: Pascal, um universitário desmotivado, e Sarah, uma cantora lírica com incertezas acerca do talento dela. As duas personagens, apesar de não se conhecerem pessoalmente, encontram-se interligadas devido a paixão pela arte e forte dedicação que dedicam à ela no dia a dia. Simultaneamente cômico e trágico, o filme aborda as inseguranças e tensões da juventude e a desorientação dos primeiros dias da idade adulta, onde é difícil definir os caminhos a seguir.

Continuar lendo

Anúncios

09 Dez. 2017: “Anjo Do Mal” de Samuel Fuller – Cineclube do Atalante

O Cineclube do Atalante exibe e debate Anjo Do Mal, de Samuel Fuller.

Sinopse: O batedor de carteiras Skip McCoy rouba Candy no metrô. Ele ainda não sabe, mas dentro da bolsa que acabou de pegar, está um pedaço de microfilme com importantes segredos do governo. Candy tenta seduzir Skip para recuperar o material, mas acaba se apaixonando pelo bandido. Skip passa a estar na mira da polícia e também dos comunistas, os verdadeiros donos do microfilme. Continuar lendo

03 Dez. 2017: “Jonas E O Circo Sem Lona” de Paula Gomes – Cineclube de Cinema Brasileiro

O Cineclube de Cinema Brasileiro exibe e debate Jonas E O Circo Sem Lona, de Paula Gomes. Atenção: o encontro do cineclube excepcionalmente ocorrerá no domingo.

Sinopse: No fundo do quintal, numa casa na periferia de Salvador, Jonas, de 13 anos, mantém um pequeno circo. Ele vem de uma família circense e treina os amigos para apresentar-se num espetáculo, cobrando ingressos baratos das crianças que moram por perto. No entanto, quando as aulas começam, os colegas o abandonam… É cada vez mais difícil para Jonas sustentar o sonho de pé, especialmente porque a mãe e a avó insistem que agora ele tem que estudar.  Continuar lendo

28 Nov. a 03. Dez. 2017: Cine Tornado Festival 2017 – Fundação Cultural de Curitiba

A Cinemateca de Curitiba recebe a edição de 2017 do Cine Tornado Festival. A produção é de Curitiba e São Paulo, com curadoria da antropóloga e cineasta Eveline Stella de Araujo e do artista e cineasta Roderick Steel.

Confira o texto oficial de apresentação do Festival:

Em uma macro sociedade do espetáculo, saber compor curadorias que aproximem expressões locais e expressões globais é uma arte que estimula o diálogo entre as artes indie e mainstream. O Cine Tornado Festival permite esse deslocar dos filmes de seu local de produção para gerar conhecimento e redes de relação que fomentam o Cinema, pelo caráter nacional e internacional que o caracteriza. Um festival de filmes feito no e do Brasil para o mundo, com parcerias e ideais de renovação do cinema, contando com diretores nacionais e internacionais. A programação atende a três eixos básicos:

1) exibição de acervos de digitalização (parceria com os centros de memória, tais como, cinematecas ou memoriais nacionais e internacionais), estimulando a divulgação de filmes restaurados e digitalizados, contando assim um pouco da história do cinema por meio dos próprios filmes;

2) difusão de produções cinematográficas decorrentes de pesquisas científicas como etnoficção, documentários e filmes experimentais e artísticos (parceria com os centros de pesquisa como Laboratório de Imagem e Som da Antropologia da USP e outros laboratórios nacionais, ou como o Centro em Rede de Investigação em Antropologia – CRIA em Portugal, entre outros);

3) abertura de espaço às novas gerações de cineastas, incentivo ao cine-escola, oficinas de cinema e jovens realizadores independentes. Continuar lendo

25 Nov. 2017: “Como Fera Encurralada” de Claude Sautet – Cineclube do Atalante

O Cineclube do Atalante exibe e debate Como Fera Encurralada, de Claude Sautet.

Sinopse: Abel Davos e Raymond Naldi, dois ladrões que operam na Itália, são encurralados pela polícia durante a fuga, na fronteira. Ocorrem algumas mortes. Abel se vê sozinho com os dois filhos pequenos e chega a Nice, França, de onde não pode sair. Pede então auxílio aos amigos em Paris, que enviam um estranho, Eric Stark, com um plano audacioso para a fuga. Mas, logo Abel descobre que a lealdade de seus amigos não é tão grande como esperava. Continuar lendo

25 Nov. 2017: “Ascensor Para O Cadafalso” de Louis Malle – Cineclube Aliança Francesa

O Cineclube Aliança Francesa exibe e debate Ascensor Para O Cadafalso, de Louis Malle.

Sinopse: O filme conta a história da enigmática Florence Carala. Casada com o milionário Simon Carala, mas apaixonada por outro, Florence decide matar o marido com a ajuda do amante Julien Tavernier. Tavernier é um ex-militar que trabalha como espião na Indochina. Planejado para parecer um suicídio, as coisas começam a dar errado quando Tavernier decide buscar uma corda no terraço, e acaba ficando preso no elevador. Continuar lendo

25 Nov. 2017: “Corpo Elétrico” de Marcelo Caetano – Cineclube de Cinema Brasileiro

O Cineclube de Cinema Brasileiro exibe e debate Corpo Elétrico, de Marcelo Caetano. Atenção: o encontro do cineclube excepcionalmente será as 19h30.

Sinopse: Elias é o jovem criador de uma fábrica de confecção roupas no centro de São Paulo. Ele mantém pouco contato com a família na Paraíba, e passa os dias entre o trabalho e os encontros com outros homens. Enquanto reflete sobre as possibilidades de futuro, começa a ficar cada vez mais próximo dos colegas de trabalho. Parte da equipe forma um grupo de amigos que passam o tempo livre explorando a noite da cidade, driblando a solidão e buscando inspiração no caos e na alegria ao redor. Continuar lendo

11 Nov. 2017: “Zabriskie Point” de Michelangelo Antonioni – Cineclube do Atalante

O Cineclube do Atalante exibe e debate Zabriskie Point, de Michelangelo Antonioni.

Sinopse: Um retrato da contracultura norte-americana dos anos 1960 visto pela perspectiva de dois jovens: a garota Daria, estudante de Antropologia e secretária de um empresário que está construindo um condomínio no deserto; e Mark, um rapaz que largou os estudos e está sendo procurado pela polícia sob suspeita de ter assassinado um policial durante um protesto estudantil. Continuar lendo

09 a 19 Nov. 2017: FICBIC 2017 – Festival de Cinema da Bienal Internacional de Curitiba – Ministério da Cultura

O Ministério da Cultura realiza mais uma edição do maior festival de cinema das terras curitibanas, o FICBIC, um dos eixos estruturantes da Bienal Internacional de Curitiba. Neste ano, são 11 dias de programação e 100 filmes, entre curtas e longas-metragens nacionais e estrangeiros.

São 4 os espaços que receberão o FICBIC: Cine Guarani, Cinemateca de Curitiba, Espaço Itaú de Cinema e SESC Paço da Liberdade. Os filmes estão divididos nas mostras Filme de AberturaCircuito Brasileiro, Circuito Clássico, Curto CircuitoCircuito Universitário, Circuito Australiano, Circuito Chinês, Circuito Espanhol, Circuito Israelense, Circuito Norueguês e Diretor Homenageado (Jacques Demy). Continuar lendo

07 e 08 Nov. 2017: Mostra Itinerante de Diretores Argentinos de Cinema Contemporâneo – Cinemateca de Curitiba

A Cinemateca de Curitiba recebe uma versão reduzida da Mostra Itinerante de Diretores Argentinos de Cinema Contemporâneo, realizada em alguns outros lugares do país pela DICUL – Dirección General de Asuntos Culturales do Ministerio de Relaciones Exteriores y Culto de la República Argentina e DAC – Asociación General de Directores Autores Cinematográficos y Audiovisuales.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

07 de Novembro, terça-feira as 17h00. Buscando A Tita, de Teresa Constantini (2016, documentário, 58 min). O filme recorre à vida e obra da cantora e atriz Tita Merello, figura emblemática da cultura argentina. O documentário a mostra desde o início da carreira como bailarina de varieté, até a consagração como cantora popular de tango e estrela de cinema.

07 de Novembro, terça-feira as 19h00. Abzurdah, de Daniela Goggi (2015, drama, 90 min). Cielo é uma adolescente que conhece um homem mais velho pela Internet, iniciando uma relação e se apaixonando perdidamente. Dentro de um ambiente superficial e sem amigas, num mundo que não compreende o universo adolescente, Cielo se torna obcecada pelo relacionamento. Como narradora incisiva, a personagem nos conta a história de um amor não correspondido, onde a opção de parar de comer se torna uma saída pra encontrar a vida perfeita.

Trailer: https://youtu.be/SL_e4tdlYN0 Continuar lendo

04 Nov. 2017: “Elena” de Petra Costa – Cineclube de Cinema Brasileiro

O Cineclube de Cinema Brasileiro exibe e debate Elena, de Petra Costa.

Sinopse: Elena viaja para Nova York com o mesmo sonho da mãe: ser atriz de cinema. Deixa para trás uma infância passada na clandestinidade dos anos de ditadura militar. Deixa Petra, a irmã de sete anos. Duas décadas mais tarde, Petra também se torna atriz e embarca para Nova York em busca de Elena. Tem apenas pistas. Filmes caseiros, recortes de jornal, um diário. Cartas. A todo momento Petra espera encontrar Elena caminhando pelas ruas com uma blusa de seda. Pega o trem que Elena pegou, bate na porta de seus amigos, percorre os caminhos dela. E acaba descobrindo Elena em um lugar inesperado.  Continuar lendo

31 Out. a 03 Nov. 2017: Mostra de Filmes Japoneses 2017 – Cinemateca de Curitiba

O Consulado Geral do Japão em Curitiba e Japan Foundation São Paulo, em parceria com a Cinemateca de Curitiba e FCC, realiza a Mostra de Filmes Japoneses 2017. Todos os filmes são exibidos com legendas em português.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

31 de Outubro, terça-feira as 17h00. Vozes De Uma Estrela Distante, de Makoto Shinkai (2002, 25 min., animação / drama). Ano de 2046, província da região central do Japão. Mikako Nagamine e Noboru Terao estudam na mesma escola. Os dois participam do mesmo grupo e são muito amigos, no entanto Mikako é escolhida para fazer parte do Exército das Nações. No ano seguinte Mikako parte da Terra a bordo da Nave Lysthea e Noboru ingressa no Ensino Médio. Separados, um na Terra e outro no Espaço, os amigos se comunicam por e-mail. Quanto mais a Nave Lysthea se aproxima dos confins do Sistema Solar, o tempo para que as mensagens cheguem vai aumentando. Classificação Etária: 12 anos

Teaser: https://youtu.be/dskOzprYWOw

31 de Outubro, terça-feira as 18h00O Jardim Das Palavras, de Makoto Shinkai (2013, 46 min., animação / drama). Takao, que está treinando para ser sapateiro, matou aula e está desenhando sapatos em um jardim japonês. Ele conhece uma misteriosa mulher, Yukino, que é mais velha do que ele. Então, sem marcar os horários, os dois começam a se ver periodicamente, mas somente em dias chuvosos. Eles aprofundam a relação e se abrem um para o outro, mas o fim da temporada de chuva logo se aproxima… Classificação Etária: 12 anos

Trailer: https://youtu.be/udDIkl6z8X0

31 de Outubro, terça-feira as 19h00Key Of Life, de Kenji Uchida (2012, 128 min., comédia). Sakurai, um ator desempregado, fracassou na tentativa de suicídio… Ele acaba se deparando com Kondo numa sauna, quando este tem uma queda, bate a cabeça e perde a memória. Assim que presencia o acidente e percebe a perda de memória do outro, Sakurai troca as chaves de armário deles. Ele planeja tomar o lugar na vida de Kondo, sem saber que o desmemoriado é um assassino de aluguel. Já Kondo, pensando que é ator, se esforça para melhorar sua atuação, atraindo a atenção de Mizushima, uma editora que está desesperada para casar. Classificação Etária: Livre

Trailer: https://youtu.be/TIRl-ZAtI0M

Continuar lendo

28 Out. 2017: “Carrossel Da Esperança” de Jacques Tati – Cineclube Aliança Francesa

O Cineclube Aliança Francesa exibe e debate Carrossel Da Esperança, de Jacques Tati.

Sinopse: François, carteiro de uma pequena cidade, ajuda na montagem de um parque de diversões que inclui um cinema ambulante. Ali, assiste a um documentário sobre o sistema postal mecanizado em funcionamento nos Estados Unidos. Determinado a aumentar a velocidade das entregas, ele inspira-se no exemplo norte-americano e procura modernizar o trabalho com a ajuda de uma bicicleta, provocando uma série de confusões entre os pacatos moradores da cidade. Continuar lendo

27, 28 e 29 Out. 2017: FIDÉ Brasil 2017 – Cinemateca de Curitiba

A quarta edição brasileira do Festival Internacional do Documentário Estudantil – FIDÉ ocorre este mês em Curitiba. O evento é uma realização da organização Les Impatientes e a produtora cultural Motim Comunicação e Arte, contando com a parceria da Cinemateca de Curitiba e Fundação Cultural de Curitiba.

Abaixo o texto oficial de apresentação da Mostra:

Em um mundo cada vez mais complexo, em que as velhas verdades já não servem e as novas, tampouco: precisamos ver mais documentários. Em um tempo em que as pessoas ainda relutam em aceitar as diferenças: precisamos ver mais documentários. Em um país polarizado, onde opiniões e certezas se radicalizam e a intolerância ao outro é crescente: precisamos ver mais documentários.

Precisamos ver mais documentários porque o filme documental é um exercício enorme de empatia. A experiência humana é ampla, diversa e assim deve ser respeitada, mesmo quando não compreendida de todo. Longe de grandes verdade e certezas, um documentário é uma janela escancarada para a alteridade. Continuar lendo