19 Ago. 2017: “Portrait Of Jason” de Shirley Clarke – Cineclube do Atalante

Neste mês de agosto, o Cineclube da Cinemateca passa a se chamar Cineclube do Atalante. A mudança é apenas no nome: a coordenação, debatedores e concepção continua a mesma. No próximo encontro, exibição e debate de Portrait Of Jason (Retrato de Jason), de Shirley Clarke.

Sinopse: Estados Unidos, anos 1960. Montagem dos melhores momentos de uma entrevista de doze horas com Aaron Payne, mais conhecido pelo nome artístico de Jason Holliday, figura peculiar da década de 60 no Estados Unidos. Entre cigarros e bebidas, Holliday narra fatos de sua vida – como ter sido ajudante doméstico, garoto de programa e aspirante a artista de cabaré – e tece comentários diversos e observações sobre o que significa ser e como é ser um homem negro e gay no Estados Unidos daquela época. Continuar lendo

19 Ago. 2017: “Doméstica” de Gabriel Mascaro – Cineclube de Cinema Brasileiro

O Cineclube de Cinema Brasileiro exibe e debate Doméstica, de Gabriel Mascaro.

Sinopse: Sete adolescentes se transformam em cineastas amadores ao assumir a missão de registrar por uma semana a empregada doméstica das casas deles, e entregar o material bruto para o diretor realizar um filme com as gravações. Entre o choque da intimidade, as relações de poder e a performance do cotidiano, o filme lança um olhar contemporâneo sobre o trabalho doméstico no ambiente familiar e torna-se um potente ensaio sobre afeto e trabalho. Continuar lendo

18 Ago. 2017: “Mato Eles” de Sergio Bianchi – Conversas sobre o Cinema Brasileiro

O encontro deste mês do Conversas sobre o Cinema Brasileiro tem exibição e debate dos curtas-metragens Xetá, de Fernando Severo e Mato Eles?, de Sergio Bianchi. O Conversas é um projeto-cineclube organizado pelo EDUCINE – Laboratório de Cinema e Educação, que pertence à Universidade Estadual do Paraná – UNESPAR. Após as exibições, o debate contará com Fernando Severo, diretor do primeiro filme.

SinopsesXetá. Durante o desordenado processo de colonização do noroeste do Paraná, nas décadas de 1940 e 1950, foi avistada uma população indígena que até então havia tido pouquíssimo contato com o homem branco. Logo o povo Xetá foi expulso de suas terras, vitimado por ações de extermínio e os poucos sobreviventes foram dispersos para outros locais. A quase extinção dos Xetá acabou contribuindo para provocar um desastre ecológico irreversível na região. Mato Eles. O extermínio velado dos últimos índios da Reserva de Mangueirinha, no sudeste do Paraná, com a aprovação daqueles que supostamente os protegeriam. Com uma ironia cortante, as questões se desenvolvem como numa estrutura de teste de múltipla escolha. Continuar lendo

12 Ago. 2017: “A Cidade Louvre” de Nicolas Philibert – Cineclube Aliança Francesa

O encontro deste mês do Cineclube Aliança Francesa tem exibição e debate de A Cidade Louvre, de Nicolas Philibert.

Sinopse: Documentário. A que se assemelha um museu quando não há público? Na época da reforma do Grande Louvre, o museu revelou seus bastidores à uma equipe de cinema: penduram-se os quadros, reorganizam-se as salas, os guardas provam seus novos trajes. Pouco a pouco os personagens se multiplicam, cruzam-se para costurar o fio da narrativa. A vida secreta e engraçada de um dos maiores museus do mundo. Continuar lendo

12 Ago. 2017: “Avenida Brasília Formosa” de Gabriel Mascaro – Cineclube de Cinema Brasileiro

O Cineclube de Cinema Brasileiro exibe e debate Avenida Brasília Formosa, de Gabriel Mascaro.

Sinopse: No limite da ficção, o documentário pretende traçar relações entre personagens do bairro de Brasília Teimosa, no Recife. Por meio da manipulação do diretor, os personagens reais reencenam a vida deles e estabelecem uma rede de relações fictícias (ou não), a fim de revelar a multiplicidade de sentidos para o tradicional bairro popular de Recife. Um dos personagens, Fábio, é garçom e cinegrafista. Registra importantes eventos no bairro. Fábio é contratado pela manicure Débora para fazer um videobook. Ela pretende tentar uma vaga no programa de televisão Big Brother. O filme constrói um rico painel sensorial sobre a arquitetura e faz da Avenida uma via de encontros e desejos. Continuar lendo

05 Ago. 2017: “Fim De Verão” de Yasujirô Ozu – Cineclube do Atalante

Neste mês de agosto, o Cineclube da Cinemateca passa a se chamar Cineclube do Atalante. A mudança é apenas no nome: a coordenação, debatedores e concepção continua a mesma. No próximo encontro, exibição e debate de Fim De Verão, de Yasujirô Ozu.

Sinopse: Seguimos o curso dos últimos dias de outono da família Kohayagawa. São diversas estórias paralelas, como as brincadeiras dos netos e uma nora que deseja casar novamente. Porém, o foco ocorre no patriarca Banpei, que mata serviço no modesto negócio familiar para secretamente visitar a família alternativa, composta de uma ex-amante e uma filha altamente materialista. Continuar lendo

29 Jul. 2017: “Pele De Asno” de Jacques Demy – Cineclube Aliança Francesa

Reprise da programação deste mês do Cineclube Aliança Francesa, agora no Cine Guarani. Exibição e debate de Pele De Asno, de Jacques Demy.

Sinopse: A rainha de um reino distante, no leito de morte, faz com que o rei prometa se casar novamente apenas caso encontre uma mulher ainda mais bela do que ela. Só que em todo o reino apenas uma pessoa atende à esta condição: a própria filha da rainha. Desesperada, a princesa busca ajuda com a fada-madrinha, que sugere que ela peça presentes de casamento cada vez mais difíceis de encontrar, com o objetivo de adiar ao máximo a cerimônia. Enquanto isso, a princesa consegue fugir do reino escondida sob uma pele de asno. Mas, ela não demorará em ser notada. Continuar lendo

22 Jul. 2017: “A Casa Dos Mortos Vivos” de Lucio Fulci – Cineclube da Cinemateca

O Cineclube da Cinemateca finaliza o Ciclo “Os Zumbis de Lucio Fulci” com exibição e debate de A Casa Dos Mortos Vivos. O filme também é conhecido no Brasil com o título A Casa Do Cemitério.

Sinopse: O pesquisador Norman Boyle muda-se com a família para uma velha mansão em New England, que fica ao lado de um cemitério. Boyle quer prosseguir uma investigação iniciada por um colega que cometeu suicídio. Ele fica obcecado pela história de um antigo morador da casa, o Dr. Jacob Freudstein. Logo a família começa a ouvir misteriosos ruídos, como os choros de uma criança. E um assassino sedento por sangue vive escondido no porão… Continuar lendo

15 Jul. 2017: “Pele De Asno” de Jacques Demy – Cineclube Aliança Francesa

O encontro deste mês do Cineclube Aliança Francesa tem exibição e debate de Pele De Asno, de Jacques Demy.

Sinopse: A rainha de um reino distante, no leito de morte, faz com que o rei prometa se casar novamente apenas caso encontre uma mulher ainda mais bela do que ela. Só que em todo o reino apenas uma pessoa atende à esta condição: a própria filha da rainha. Desesperada, a princesa busca ajuda com a fada-madrinha, que sugere que ela peça presentes de casamento cada vez mais difíceis de encontrar, com o objetivo de adiar ao máximo a cerimônia. Enquanto isso, a princesa consegue fugir do reino escondida sob uma pele de asno. Mas, ela não demorará em ser notada. Continuar lendo

15 Jul. 2017: “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” de Daniel Ribeiro – Cineclube de Cinema Brasileiro

O Cineclube de Cinema Brasileiro exibe e debate Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro.

Sinopse: Leo é um adolescente cego que, como qualquer adolescente, está em busca de seu lugar no mundo. Desejando ser mais independente, precisa lidar com suas limitações e a superproteção da mãe. Para decepção da inseparável melhor amiga, Giovana, ele planeja libertar-se da rotina fazendo uma viagem de intercâmbio. Porém, a chegada de Gabriel, um novo aluno na escola, desperta sentimentos até então desconhecidos por Leo, fazendo-o redescobrir sua maneira de ver o mundo. Continuar lendo

14 Jul. 2017: “A Voz Adormecida” de Benito Zambrano – Cineclube do Centro Cultural da Espanha

O Cineclube do Centro Cultural da Espanha, com colaboração da Cinemateca de Curitiba, exibe A Voz Adormecida, de Benito Zambrano. O filme é exibido com áudio original e legendas em português.

SinopseApós a Guerra Civil Espanhola, que colocou Francisco Franco no poder e instaurou a ditadura na Espanha, Pepita vai a Madri tentar salvar a irmã, Hortensia. A irmã está presa, e mesmo grávida do primeiro filho, é condenada à morte. Em meio a essa turbulência com a situação da irmã, Pepita se apaixona por um homem que luta contra o regime. Continuar lendo

08 Jul. 2017: “Pavor Na Cidade Dos Zumbis” de Lucio Fulci – Cineclube da Cinemateca

O Cineclube da Cinemateca continua o Ciclo “Os Zumbis de Lucio Fulci” com exibição e debate de Pavor Na Cidade Dos Zumbis.

Sinopse: Após o suicídio de um padre na pequena cidade de Dunwich, uma força maligna é libertada, abrindo os portões do inferno. Mary Woodhouse, uma jovem médium, tem uma visão da tragédia iminente durante uma sessão espírita. Ela une forças com o jornalista Peter Bell para procurar a cidade e tentar deter as forças do mal antes que se espalhem pelo planeta. Continuar lendo

08 Jul. 2017: “Branco Sai, Preto Fica” de Adirley Queirós – Cineclube de Cinema Brasileiro

O Cineclube de Cinema Brasileiro exibe e debate Branco Sai, Preto Fica, de Adirley Queirós.

Sinopse: Misto de ficção e documentário, o filme cria as imagens e sons a partir de uma história trágica: dois homens negros, moradores da maior localidade da periferia de Brasília, ficam marcados para sempre graças a uma ação criminosa de uma polícia racista e territorialista da Capital Federal. Essa polícia invade um baile black. Tiros, correria e a consumação da tragédia: um homem fica para sempre na cadeira de rodas, o outro perde a perna após um cavalo da polícia montada cair sobre ele. Mas esses homens não se sentem confortados em contar a história de maneira direta e jornalística. Eles querem fabular, querem outras possibilidades de narrar o passado, abrindo para um presente cheio de aventuras e ressignificações e propondo um futuro. Continuar lendo

07 Jul. 2017: “Nós Que Aqui Estamos, Por Vós Esperamos” de Marcelo Masagão – Conversas sobre o Cinema Brasileiro

O encontro deste mês do Conversas sobre o Cinema Brasileiro tem exibição e debate de Nós Que Aqui Estamos, Por Vós Esperamos, de Marcelo Masagão. O Conversas é um projeto-cineclube organizado pelo EDUCINE – Laboratório de Cinema e Educação, que pertence à Universidade Estadual do Paraná – UNESPAR.

Sinopse: “Nós que aqui Estamos, por vós Esperamos” é uma frase que o diretor Marcelo Masagão encontrou na entrada de um cemitério de São Paulo, e com ela batizou o filme. Tendo o Século 20 como emblema e personagem, o documentário traz ao espectador uma diversidade de imagens de arquivos, extratos de documentários e de algumas obras clássicas do cinema, através de uma retrospectiva das principais mudanças que marcaram o século. No filme perpassam personagens diversos, tanto famosos quanto anônimos, com as diferentes histórias dos mesmo. Sendo o Século 20 um século controverso de avanços científicos e sociais, mas permeado por uma violência jamais vista antes, em especial na forma das guerras mundiais, o filme é construído pela dualidade arte e guerra, sonho e realidade, vida e morte. Continuar lendo