24 Nov. 2019: “A Criada” de Chan-wook Park – SESC Paço da Liberdade

O SESC Paço da Liberdade prossegue a Mostra Dragões Coreanos com A Criada, de Chan-wook Park.

Sinopse: Coreia do Sul, anos 1930. Durante a ocupação japonesa, a jovem Sookee é contratada para trabalhar para uma herdeira nipônica, Hideko, que leva uma vida isolada ao lado do tio autoritário. Só que Sookee guarda um segredo: ela e um vigarista, o Conde Fujiwara, planejam desposar a herdeira, roubar a fortuna dela e mandá-la a um sanatório. Tudo corre bem com o plano, mas aos poucos Sookee vai percebendo fatos de Hideko até então desconhecidos. Continuar lendo

23 Nov. 2019: “O Lamento” de Na Hong-jin – SESC Paço da Liberdade

O Sessão de Sábado continua a Mostra Dragões Coreanos com reprise de O Lamento, de Na Hong-jin.

Sinopse: A chegada de um misterioso e desconhecido sujeito numa tranquila aldeia coincide com uma onda de assassinatos cruéis, causando pânico e desconfiança entre os moradores. Quando a filha parece ser mais uma vítima, o oficial de investigação Jong-Goo chama um xamã para ajudar a encontrar o culpado, pois lhe parece que o comportamento do assassino (ou dos assassinos) tem traços de magia, sobrenaturais. Continuar lendo

22 Nov. 2019: “Hahaha” de Hong Sang-Soo – Cinema na Praça

O Cinema na Praça dá andamento à Mostra Dragões Coreanos com Hahaha, de Hong Sang-soo.

Sinopse: O diretor de cinema Jo Munkyung planeja deixar a Coréia do Sul para morar no Canadá. Alguns dias antes da partida, Jo encontra o grande amigo Bang Jungshik, que trabalha como crítico de cinema. Conversa vai, conversa vem, os dois descobrem que, por coincidência, estiveram ambos recentemente no pequeno balneário de Tong-yung. Decidem contar um para o outro sobre suas respectivas viagens enquanto bebem, sob a condição de só relembrarem os eventos agradáveis, sem perceberem que não apenas estiveram no mesmo lugar, como também, estiveram em Tong-yung nos mesmos dias também. Continuar lendo

20 Nov. 2019: “Eu Não Sou Seu Negro” de Raoul Peck – Cinema na Praça

O Cinema na Praça, projeto do SESC Paço da Liberdade que, em plena Praça Generoso Marques, exibe filmes ao ar livre em telão, apresenta Eu Não Sou Seu Negro, de Raoul Peck.

Sinopse: O documentário constrói uma reflexão sobre como é ser negro no Estados Unidos. Em 1979, James Baldwin iniciou o último livro dele, “Remember This House”, relatando as vidas e assassinatos dos líderes ativistas que marcaram a história social e politica americana: Medgar Evers, Malcolm X e Martin Luther King Jr. Baldwin não foi capaz de completar o livro antes de morrer, e o manuscrito inacabado foi confiado ao diretor Raoul Peck, que combina o material com um rico arquivo de imagens do Movimento dos Direitos Civis e Movimento Black Power, conectando essas lutas históricas por justiça e igualdade com os movimentos atuais, que ainda clamam pelos mesmos direitos, ainda não totalmente alcançados. Continuar lendo

19 e 23 Nov. 2019: “O Lamento” de Na Hong-jin – SESC Paço da Liberdade

O SESC Paço da Liberdade prossegue a Mostra Dragões Coreanos com O Lamento, de Na Hong-jin, tendo duas exibições na mesma semana (19 e 23/11).

Sinopse: A chegada de um misterioso e desconhecido sujeito numa tranquila aldeia coincide com uma onda de assassinatos cruéis, causando pânico e desconfiança entre os moradores. Quando a filha parece ser mais uma vítima, o oficial de investigação Jong-Goo chama um xamã para ajudar a encontrar o culpado, pois lhe parece que o comportamento do assassino (ou dos assassinos) tem traços de magia, sobrenaturais. Continuar lendo

14 Nov. 2019: “A Visitante Francesa” de Hong Sang-soo – SESC Paço da Liberdade

O SESC Paço da Liberdade prossegue a Mostra Dragões Coreanos com A Visitante Francesa, de Hong Sang-soo.

Sinopse: Tendo como cenário uma praia de tempo nublado da costa sul-coreana, uma estudante de cinema escreve três histórias diferentes, mas todas vividas por personagens francesas chamadas Anne.  Anne, em suas diferentes retratações, chega àquele lugar e se envolve de diferentes maneiras com os personagens nativos do lugar. Na primeira situação, ela é uma diretora de cinema; na segunda, uma mulher casada que vai encontrar o amante na praia; na terceira, a vemos como uma mulher divorciada cujo ex-marido a trocou por uma mulher sul-coreana. Continuar lendo

12 Nov. 2019: “Na Praia À Noite Sozinha” de Hong Sang-Soo – SESC Paço da Liberdade

O SESC Paço da Liberdade prossegue a Mostra Dragões Coreanos com a reprise de Na Praia À Noite Sozinha, de Hong Sang-soo.

Sinopse: Younghee é uma atriz famosa que a vida pessoal exposta após um caso com um homem casado. Por isso, ela decide deixar o país e passar um tempo em Hamburgo, na Alemanha, dando uma pausa na carreira. Ao retornar à Coréia do Sul, Younghee reencontra velhos amigos e começa a refletir sobre as possibilidades de futuro. Ela segue pensando no amante e se pergunta que tipo de papel o amor desempenha na vida dela. Continuar lendo

09 Nov. 2019: “As Verdades De Ale Em Nós” de Juslaine Abreu-Nogueira – Mulheres, Cinema e Psicanálise

O GILDA – Grupo Interdisciplinar em Linguagem, Diferença e Subjetivação, em parceria com a unidade Paço da Liberdade do SESC Paraná, prossegue o projeto Mulheres, Cinema e Psicanálise – Diálogos Criativos. No terceiro encontro, a proposta é debater os temas da Psiquiatrização e Judicialização da Adolescência a partir do curta-metragem As Verdades De Ale Em Nós, de Juslaine Abreu-Nogueira. Para a apresentação e contribuição no debate, o evento conta com a presença da própria diretora, além das convidadas Andreia Moessa de Souza Coelho, Maria Madselva Ferreira Feiges e Tamires Tolomeotti Pereira.

  • JUSLAINE ABREU-NOGUEIRA é doutora em Educação, com mestrado e licenciatura em Letras. Dedica-se aos Estudos do Discurso Cinematográfico e da Educação em conexões com a filosofia política pós-estruturalista. Docente no Bacharelado em Cinema e Audiovisual da Universidade Estadual do Paraná, onde também coordena o Núcleo de Educação para as Relações de Gênero (NERG) da Faculdade de Artes do Paraná. Pesquisadora do Cinecriare – Cinema, Criação e Reflexão (Unespar/CNPq) e vice-líder do GILDA – Grupo Interdisciplinar em Linguagem, Diferença e Subjetivação (UFPR/CNPq).
  • ANDREIA MOESSA DE SOUZA COELHO é psicóloga e psicanalista formada na UFPR. Especialista em Educação Especial e pós-graduada em Psicanálise, Perinatalidade e Parentalidade pelo Instituto Gerar. Coordenadora do Núcleo Curitiba do Fórum sobre Medicalização da Educação e da Sociedade, fundadora e diretora do Instituto Florescer e conselheira no Conselho Regional de Psicologia do Paraná.
  • MARIA MADSELVA FERREIRA FEIGES é graduada em Pedagogia pela Universidade Tuiuti do Paraná, especialista em Filosofia da Educação pela PUC/PR e em Metodologia de Ensino pela UNICENTRO/UNICAMP. Possui mestrado e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Paraná na área de concentração Políticas Educacionais). Professora aposentada da mesma universidade.
  • TAMIRES TOLOMEOTTI PEREIRA é mestra em Educação pela UFPR, atualmente está cursando o doutorado no mesmo programa. Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Maringá. Pesquisadora integrante do GILDA – Grupo Interdisciplinar em Linguagem, Diferença e Subjetivação.

Sinopse: Alessandra, jovem cuja sexualidade e expressão de gênero escapam da norma cis-heterossexual, foi alvo de intervenções medicalizantes a partir da vida escolar. Contrapondo as verdades já escritas sobre Bugi (o apelido familiar dela), tanto pelo poder médico, quanto pelos discursos pedagógicos e jurídicos, mergulhamos nas verdades da presença de Ale em nós. Continuar lendo

09 Nov. 2019: “Hahaha” de Hong Sang-Soo – SESC Paço da Liberdade

O SESC Paço da Liberdade prossegue a Mostra Dragões Coreanos com Hahaha, de Hong Sang-soo.

Sinopse: O diretor de cinema Jo Munkyung planeja deixar a Coréia do Sul para morar no Canadá. Alguns dias antes da partida, Jo encontra o grande amigo Bang Jungshik, que trabalha como crítico de cinema. Conversa vai, conversa vem, os dois descobrem que, por coincidência, estiveram ambos recentemente no pequeno balneário de Tong-yung. Decidem contar um para o outro sobre suas respectivas viagens enquanto bebem, sob a condição de só relembrarem os eventos agradáveis, sem perceberem que não apenas estiveram no mesmo lugar, como também, estiveram em Tong-yung nos mesmos dias também. Continuar lendo

07 e 12 Nov. 2019: “Na Praia À Noite Sozinha” de Hong Sang-Soo – SESC Paço da Liberdade

O SESC Paço da Liberdade prossegue a Mostra Dragões Coreanos com Na Praia À Noite Sozinha, de Hong Sang-soo, tendo duas exibições (07 e 12/11).

Sinopse: Younghee é uma atriz famosa que a vida pessoal exposta após um caso com um homem casado. Por isso, ela decide deixar o país e passar um tempo em Hamburgo, na Alemanha, dando uma pausa na carreira. Ao retornar à Coréia do Sul, Younghee reencontra velhos amigos e começa a refletir sobre as possibilidades de futuro. Ela segue pensando no amante e se pergunta que tipo de papel o amor desempenha na vida dela. Continuar lendo

05 e 08 Nov. 2019: “Filha De Ninguém” de Hong Sang-Soo – SESC Paço da Liberdade

O SESC Paço da Liberdade inicia a Mostra Dragões Coreanos com Filha De Ninguém, de Hong Sang-soo, com duas exibições na mesma semana.

Sinopse: Haewon, uma universitária, termina o caso secreto com o professor dela, Seongjun. Haewon procura novamente Seongjun após muito tempo, deprimida após se despedir da mãe, que vai se mudar para o Canadá no dia seguinte. Nesse dia, os dois encontram por acaso colegas de universidade em um restaurante e o relacionamento é revelado. Haewon fica muito abalada e Seongjun dá a extrema sugestão de fugirem juntos. Continuar lendo

27 Out. 2019: “Amazônia Groove” de Bruno Murtinho – SESC Paço da Liberdade

O SESC Paço da Liberdade reprisa Amazônia Groove, de Bruno Murtinho, desta vez nas dependências internas da unidade.

Sinopse: Um retrato aprofundado e um mergulho apaixonado na música regional da Amazônia brasileira, especialmente do estado do Pará. O filme se estrutura alternando entre histórias dos músicos tradicionais da região e a abordagem do tema da “invasão tecnológica”, que em tempos recentes possibilitou o desenvolvimento de gêneros musicais como o tecnobrega. Continuar lendo

24 Out. 2019: “Amazônia Groove” de Bruno Murtinho – Cinema na Praça

O Cinema na Praça, projeto do SESC Paço da Liberdade que, em plena Praça Generoso Marques, exibe filmes ao ar livre em telão, apresenta Amazônia Groove, de Bruno Murtinho.

Sinopse: Um retrato aprofundado e um mergulho apaixonado na música regional da Amazônia brasileira, especialmente do estado do Pará. O filme se estrutura alternando entre histórias dos músicos tradicionais da região e a abordagem do tema da “invasão tecnológica”, que em tempos recentes possibilitou o desenvolvimento de gêneros musicais como o tecnobrega. Continuar lendo

19 Out. 2019: “Cidade de Deus” de Fernando Meirelles – Sessão de Sábado

O Sessão de Sábado apresenta Cidade de Deus, de Fernando Meirelles e Kátia Lund.

Sinopse: Buscapé é um jovem pobre, negro e com sensibilidade artística, que cresce em um universo de muita violência. Ele vive na Cidade de Deus, favela carioca conhecida por ser um dos locais mais violentos da cidade. Amedrontado com a possibilidade de se tornar um bandido, Buscapé acaba sendo salvo deste destino por causa do talento como fotógrafo, o qual permite que siga carreira na profissão. Através da câmara que Buscapé analisa o cotidiano da favela onde vive, e a violência aparenta ser infinita na tensão e rivalidade cada vez maior que vai se criando entre duas gangues locais. Continuar lendo