24 Jun. 2017: “Clamor Do Sexo” de Elia Kazan – Cineclube da Cinemateca

O Cineclube da Cinemateca exibe e debate Clamor Do Sexo, de Elia Kazan.

Sinopse: Kansas, 1928. Bud Stamper e Deanie Loomis são dois jovens apaixonados impedidos de consumarem o amor entre eles. Bud, capitão do time do colégio, sofre com a pressão do pai – que deseja que ele vá para a universidade – e a “má fama” da irmã, Ginny. Enquanto isso a sensível Deanie não sabe mais como lidar com a sexualidade reprimida, o que acaba afetando a razão e prejudicando o relacionamento com Bud. Continuar lendo

17 Jun. 2017: “Amor, Prelúdio De Morte” de Gerd Oswald – Cineclube da Cinemateca

O Cineclube da Cinemateca exibe e debate Amor, Prelúdio De Morte, de Gerd Oswald.

Sinopse: Numa universidade americana, Bud Corliss é um jovem psicopata de 25 anos, colega de turma de Dorothy Kingship, por quem se diz apaixonado. Vindo de uma família pobre, na realidade ele só pensa no dinheiro da jovem, que é filha de um magnata da indústria de cobre. Quando Dorothy confessa que está grávida de dois meses e que o pai com certeza a deserdará, pois não admite sexo fora do casamento, Bud sente que o plano de dar o golpe do baú está por um fio. Continuar lendo

13 a 28 Jun. 2017: “História Antes De Uma História” de Wilson Lazaretti – Cinemateca de Curitiba

Entra em cartaz na semana que vem o longa-metragem de animação História Antes De Uma História, de Wilson Lazaretti.

Conheça o texto de apresentação do filme:

O filme. Revelando os mistérios da arte da animação, “História Antes de Uma História” chega à Cinemateca de Curitiba. Este é o primeiro longa-metragem de Wilson Lazaretti, que há mais de 40 anos se dedica à arte da animação. O longa foi produzido durante treze anos. Com distribuição da Polifilmes e co-distribuição da Spcine (empresa de desenvolvimento do audiovisual da Prefeitura de São Paulo), a animação mostra a trajetória de Dr. K, um velho senhor que gosta muito de caminhar. No decorrer de uma das andanças dele, acaba encontrando vários objetos que vão ajudá-lo a desvendar os grandes mistérios da técnica da animação: como um desenho animado aprende a ‘andar’? O que acontece quando uma personagem é criada sem um coração? O que animar primeiro: um ovo ou uma galinha?

Nos 78 minutos de duração do filme, Dr. K mergulha no mágico mundo da animação, ao lado do menino Matias, da menina Laurinha e da galinha Melodia, que vão conhecer e experimentar na prática as diversas etapas e instrumentos necessários para dar vida a uma história. A trilha traz canções nas vozes de Elza Soares e Ná Ozetti, e inúmeras referências a grandes compositores clássicos como Bizet, Bach, e Carlos Gomes, entre outros.

Concluído em 2014, o filme de Lazaretti já teve passagem por vários festivais internacionais antes de estrear oficialmente no Brasil, em países como Portugal, Croácia, Grécia, Argentina, França e Cuba, conquistando o público dos eventos e mostrando que a magia da animação é mesmo universal.

Conheça o Diretor. Co-fundador do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas ao lado de Maurício Squarisi, Wilson Lazaretti é autodidata e iniciou a relação com o desenho animado aos 20 anos de idade, com aulas para crianças no Conservatório Musical Carlos Gomes, em Campinas, São Paulo. Já realizou mais de 2500 oficinas de animação para crianças, jovens e adultos em quase todo o território brasileiro, além de países como Argentina, Portugal, Dinamarca, Suécia e Estados Unidos. Desde 1999, fabrica materiais de apoio didático e brinquedos óticos para o aprendizado das técnicas de animação, e há mais de 23 anos leciona na Universidade Estadual de Campinas no Instituto de Artes, Departamento de Artes Plásticas.

Sinopse: Dr. K é um velho senhor que gosta de caminhar bastante, sempre curioso e em busca de novos conhecimentos. À certa altura do caminho, estranhos e misteriosos objetos começam a aparecer na estrada. Aos poucos, Dr. K percebe que os objetos na verdade vão ajudá-lo a desvendar um mistério maior: as técnicas para criar uma animação. Continuar lendo

10 Jun. 2017: “O Demônio Da Argélia” de Julien Duvivier – Cineclube Aliança Francesa

O encontro deste mês do Cineclube Aliança Francesa tem exibição e debate de O Demônio Da Argélia, de Julien Duvivier.

Sinopse: Uma rede inextricável de ruelas, casas de jogos clandestinas e traficantes, eis como era Casbá de Argel, uma cidade da Argélia, nos anos 1930. Um gângster de origem metropolitana conhecido como Pépe le Moko reina na área, zombando até dos policiais. Para capturá-lo, é preciso que saia do reduto dele, inacessível às autoridades. É o que tenta fazer o astuto inspetor Slimane. O filme é considerado uma das pérolas do melodrama romântico francês, filmado na véspera da Segunda Guerra e com o enredo vagamente inspirado no filme Scarface: A Vergonha De Uma Nação e num livro de um detetive parisiense. O ator Jean Gabin marcou na interpretação da marcante personalidade desse anti-herói do submundo. Continuar lendo

09 Jun. 2017: “Pecados Antigos, Longas Sombras” de Alberto Rodríguez – Cineclube do Centro Cultural da Espanha

O Cineclube do Centro Cultural da Espanha, com colaboração da Cinemateca de Curitiba, exibe Pecados Antigos, Longas Sombras, de Alberto Rodríguez. O filme é exibido com áudio original e legendas em português.

Sinopse: Dois policiais com gênios e pensamentos opostos são mandados para um remoto povoado para investigar um caso de adolescentes desaparecidas. Na localidade, que parece viver no passado, os dois policiais terão de deixar as diferenças de lado, pois o assassino a ser enfrentado é feroz. Continuar lendo

27 Mai. 2017: “O Sepulcro Indiano” de Fritz Lang – Cineclube da Cinemateca

O Cineclube da Cinemateca termina o programa “Díptico Indiano de Fritz Lang” com exibição e debate de O Sepulcro Indiano.

Sinopse: Continuação do filme O Tigre de Bengala. Após escaparem das garras de Maharajah Chandra, o arquiteto Berger e a dançarina Seetha, quase mortos, são recapturados no deserto. Maharajah decide, então, construir uma enorme tumba para enterrar a mulher que o traiu e colocar o casal de frente com vários perigos para separá-los. Continuar lendo

26 Mai. 2017: “Um Dia Perfeito” de Fernando León de Aranoa – Cineclube do Centro Cultural da Espanha

O Cineclube do Centro Cultural da Espanha, com colaboração da Cinemateca de Curitiba, exibe Um Dia Perfeito, de Fernando León de Aranoa. O filme é exibido com áudio original e legendas em português.

Sinopse: Um grupo de ajuda humanitária mora há muito tempo numa região dos Bálcãs, em pleno período de guerra. Eles auxiliam o povo nas tarefas cotidianas, enquanto funcionam de contato intermediário com a Nações Unidas. Um dia, o principal problema dos experientes Mambrú e B  e da novata Sophie é retirar com rapidez o cadáver jogado no único poço da cidade, para impedir que toda a água fique contaminada. Mas a situação é mais complexa do que aparenta: aos poucos, eles percebem que a retirada do corpo pode contrariar os interesses de muitas pessoas. Continuar lendo

20 Mai. 2017: “O Tigre De Bengala” de Fritz Lang – Cineclube da Cinemateca

O Cineclube da Cinemateca inicia o programa “Díptico Indiano de Fritz Lang” com exibição e debate de O Tigre De Bengala.

Sinopse: O arquiteto alemão Harald Berger é chamado para ir à Índia por Chandra, Marajá de Eschnapur. O arquiteto se apaixona pela bela dançarina Seetha, que está prometida em casamento ao Marajá. A traição aumenta a ira do vingativo Chandra, que está lutando sozinho contra o irmão maquinador em busca de poder. Os amantes são forçados pelas circunstâncias a fugir para o deserto. Depois de mais de duas décadas de exílio em Hollywood, o mestre Fritz Lang retorna de maneira triunfal para a Alemanha, realizando este exuberante filme, escrito quarenta anos antes. Continuar lendo

11 a 21 Mai. 2017: Mulheres em Cena: Festival de Cinema Europeu 2017 – Semana da Europa

Neste ano de 2017, acontece a 13ª edição da Semana da Europa. A Semana consiste em um conjunto de eventos culturais, esportivos e acadêmicos que ocorrem em diversas capitais brasileiras, e faz parte das comemorações do Dia da Europa. Celebrado em 09 de Maio, é a data da assinatura da Declaração Schuman, considerado o embrião do que hoje é a União Europeia.

Um dos pontos altos da Semana da Europa ao longo dos anos é sem dúvida nenhuma o Festival de Cinema Europeu, a qual Curitiba tem a sorte em ser uma das cidades agraciadas. Na edição deste ano, o tema é Mulheres em Cena, prestigiando produções dirigidas por cineastas mulheres ou que abordam questões femininas. São 15 filmes de 15 nacionalidades diferentes, com destaque a filmes dos países Chipre, Eslováquia e Eslovênia, cinemas muito pouco conhecidos pelos brasileiros. A escolha da programação traz uma diversidade de países e de olhares que formam um verdadeiro panorama do cinema europeu contemporâneo.

A exibição dos filmes ocorre na Cinemateca de Curitiba.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

11 de Maio, quinta-feira as 18h30. Hannah Arendt, de Margarethe von Trotta (Hannah Arendt, Alemanha, 2012, drama/biografia, 100 min. Classificação Indicativa: 12 anos). Biografia da filósofa Hannah Arendt (1906-1975), com destaque para a observação e análise do processo de Adolf Eichmann. Concentrado em um dinâmico retrato narrativo de uma excepcional intelectual do Século 20, o filme impressiona também pelos íntimos relatos do ambiente de imigração judaico-alemã da Nova York do início da década de 1960. Continuar lendo

29 Abr. 2017: “A Moça E Os Médicos” de Axelle Ropert – Cineclube da Cinemateca

O Cineclube da Cinemateca exibe e debate A Moça E Os Médicos, de Axelle RopertMostre A Língua, Moça, é a tradução literal do título original.

Sinopse: Boris e Dimitri são irmãos. Ambos são clínicos gerais, e exercem a profissão em conjunto, dedicando a mesma paixão e tempo a cuidar dos pacientes. Um dia, eles atendem uma menina diabética, filha de Judith, mãe solteira. Ambos se apaixonam pela mãe da garota, o que desestabiliza a relação dos dois. Continuar lendo

22 Abr. 2017: “Amor À Tarde” de Éric Rohmer – Cineclube da Cinemateca

O Cineclube da Cinemateca finaliza o Ciclo “Seis Contos Morais de Éric Rohmer” com exibição e debate de Amor À Tarde.

Sinopse: Frederic leva uma vida burguesa. Sócio de um pequeno escritório em Paris, tem um casamento feliz com Helene, professora que espera o segundo filho. Durante as tardes, Frederic sonha acordado com outra garota, mas não tem nenhuma intenção de abordá-la. Um dia, Chloe, conhecida de um velho amigo, começa a aparecer demais no escritório. Quando Chloe tenta seduzi-lo, Frederic passa a ter um dilema moral. Último filme da série Seis Contos Morais. Continuar lendo

15 Abr. 2017: “O Joelho De Claire” de Éric Rohmer – Cineclube da Cinemateca

O Cineclube da Cinemateca continua o Ciclo “Seis Contos Morais de Éric Rohmer” com exibição e debate de O Joelho De Claire.

Sinopse: Jerome é um diplomata que passa as últimas férias de solteiro às margens do Lago Annecy. Lá ele acaba por reencontrar Aurora, uma amiga que é escritora italiana e alugou um quarto na casa de uma senhora. A senhora possui duas filhas, Laura e Claire. Logo Aurora o avisa que Laura está interessada nele, incentivando-o a ter um último namoro antes do casamento. Entretanto Jerome está interessado em Claire, e desenvolve um desejo obsessivo em acariciar o joelho da moça. Quinto filme da série Seis Contos Morais. Continuar lendo

14 Abr. 2017: “A Coroa Dividida” de Jordi Frades – Cineclube do Centro Cultural da Espanha

O Cineclube do Centro Cultural da Espanha, com colaboração da Cinemateca de Curitiba, exibe A Coroa Dividida, de Jordi Frades. O filme é exibido com áudio original e legendas em português.

Sinopse: Em uma Espanha consumida pela ambição e pelo poder, o futuro de um império depende do estado de espírito de uma única mulher. Após a morte de Isabel, a Católica, momentos de incerteza e luta pelo poder se sucedem. Felipe el Hermoso e Fernando de Aragón disputam a coroa de Castilla, deixando de lado Juana, que é a herdeira do trono mas torna-se uma vítima das relações políticas. Enquanto isso, o Cardeal Cisneros tenta obter o melhor para o reino. Fernando, que se casou apenas um ano após a morte de Elizabeth, ameaça a unidade hereditária dos reinos hispânicos. Continuar lendo

08 Abr. 2017: “Mulheres Diabólicas” de Claude Chabrol – Cineclube Aliança Francesa

O encontro deste mês do Cineclube Aliança Francesa tem exibição e debate de Mulheres Diabólicas, de Claude Chabrol.

O cineclube voltará a exibir o filme no Cine Guarani no dia 29. Na ocasião, faremos uma postagem à parte.

Sinopse: Sophie é contratada por Catherine Lelièvre para cuidar da rica mansão da família, no interior da França. Sophie faz amizade com Jeanne, responsável pelo correio local. Jeaane não gosta dos Lelièvre e conspira contra a família. Georges, o patriarca da família Lelièvre, não aprova a proximidade entre Sophie e Jeanne, e o relacionamento cordial entre patrões e empregada começa a se extinguir. Continuar lendo