17 a 21 Out. 2017: 3º Petit Pavé – Festival de Cinema Independente de Curitiba

Nas duas primeiras edições, a Petit Pavé ocorreu como mostra de cinema de curtas-metragens. Este ano chegando à 3ª edição, a Petit Pavé tornou-se um festival, com mostras competitivas que pretendem eleger os melhores curtas-metragens em 8 categorias: Melhor Filme; Melhor Roteiro; Melhor Direção; Melhor Atuação (Ator ou Atriz); Melhor Direção de Fotografia; Melhor Direção de Arte; Melhor Montagem e Edição; e Melhor Desenho de Som.

A programação é composta de 28 curtas-metragens de ficção, documentário, animação e experimental, todos brasileiros.

Confira a programação completa CLICANDO AQUI.

O evento é uma realização da Lak Produções e Polaris. Continuar lendo

Anúncios

10 Out. 2017: “Aquarius” de Kleber Mendonça Filho – Cine na 3ª

O Cine na 3ª exibe Aquarius, de Kleber Mendonça Filho.

Sinopse: Clara tem 65 anos, é jornalista aposentada, viúva e mãe de três adultos. Ela mora num apartamento localizado em bairro nobre do Recife, onde criou os filhos e viveu boa parte da vida. Interessada em construir um novo prédio no espaço, os responsáveis por uma construtora conseguiram adquirir quase todos os apartamentos do prédio, menos o dela. Por mais que tenha deixado bem claro que não pretende vendê-lo, Clara sofre todo tipo de assédio e ameaça para que mude de ideia. Continuar lendo

26 Set. 2017: “O Abraço Da Serpente” de Ciro Guerra – Cine na 3ª

O Cine na 3ª exibe O Abraço Da Serpente, de Ciro Guerra.

Sinopse: Karamakate, outrora um poderoso xamã da Amazônia, é o último sobrevivente do povo dele, e agora vive em isolamento voluntário nas profundezas da selva. Os anos de solidão absoluta o tornam vazio, privado de emoções e memórias. A vida dele sofre uma reviravolta quando chega ao seu esconderijo remoto Evan, um etnobotânico americano em busca da Yakruna, uma poderosa planta, capaz de ensinar a sonhar. Continuar lendo

21 Set. 2017: “Au Bord Du Monde” de Claus Drexel – CineDocs de 5ª

O CineDocs de 5ª exibe o curta-metragem Atlantiques, de Mati Diop e o longa-metragem Au Bord Du Monde, de Claus Drexel. Os filmes fazem parte da programação da 36ª Feira Literária do SESC & XV Feira do Livro da Editora UFPR, dialogando com a mostra fotográfica Vidas Refugiadas, que também integra o evento.

Sinopses: Atlantiques. À noite, em volta da fogueira num acampamento, Serigne, um jovem de Dakar (Senegal), conta aos seus amigos  a odisseia dele de clandestino embarcado. Os ouvintes ficam desconcertados e se surpreendem com a coragem dele, que enfrentou o oceano Atlântico e a morte, mas sem entender exatamente o que o levou a embarcar para a Europa, onde a sobrevivência é mais fácil, mas parece ser inalcançável. Au Bord Du Monde. Noite em Paris, cidade onde Jeni, Wenceslas, Christine e Pascal vivem com outras pessoas. Sem-teto, eles perambulam como fantasmas pelas ruas, pontes e corredores do metrô, vivendo à beira de uma sociedade que não oferece amparo algum. Continuar lendo

14 Set. 2017: “Do Outro Lado Do Atlântico” de D. Ellery e M. Câmara – CineDocs de 5ª

O CineDocs de 5ª exibe Do Outro Lado Do Atlântico, de Daniele Ellery e Márcio Câmara. A sessão faz parte da edição deste ano do Cine Tornado Festival. Após a exibição do filme, o debate conta com a presença de Prof. Marcos S. da Silveira, docente da Universidade Federal do Paraná.

Sinopse: Documentário. As diversas percepções sobre identidades e culturas de estudantes africanos de países de língua portuguesa que estudam ou estudaram em universidades brasileiras. Dos dois lados do Atlântico, histórias de partidas, permanências e regressos são contadas, encontros e desencontros de pessoas e de ideias, percursos, desejos e sonhos. Continuar lendo

12 Set. 2017: “Das Nuvens Pra Baixo” de E. Altmann e M. A. Gonçalves – Cine na 3ª

O Cine na 3ª exibe e debate Das Nuvens Pra Baixo, de Eliska Altmann e Marco Antonio Gonçalves. A sessão faz parte da edição deste ano do Cine Tornado Festival. Após a exibição do filme, o debate conta com a presença de Profa. Magda Luiza Mascarello, docente da universidade Instituto Federal do Paraná.

Sinopse: Entre a favela do Canindé, em São Paulo dos anos 1960, e a favela da Maré, no Rio de Janeiro de 2015, o filme cria pontes entre os diários da escritora Carolina Maria de Jesus e os cotidianos de outras “Carolinas”. Inspirados nos diários, publicados no inicio da década de 1960, quando pela primeira vez na história do Brasil uma favelada escreve sobre o cotidiano e é publicada, os diretores do filme, 50 anos depois, saem em busca de personagens no Complexo da Maré, Rio de Janeiro. Investigando continuidades e descontinuidades entre distintas vivências femininas e seus significados de favela, lá encontram Geandra Nobre. Ela, atriz, ao encarnar Carolina no filme acaba por criar uma ponte espaço-temporal entre a personagem e as “Carolinas da Maré”: Iraci, Edilma, Maria da Paz, Vanessa e Genalda. As falas e reflexões delas propiciam uma imagem que escapa da violência e da virilidade masculinas, descortinando uma favela vivida literalmente como substantivo feminino. Continuar lendo

23 a 25 Ago. 2017: Mostra de Animação Francesa – SESC Paço da Liberdade

O SESC Paço da Liberdade realiza a Mostra de Animação Francesa. Toda a programação é exibida no áudio original em francês com legendas em português.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

24 de Agosto, quinta-feira as 15h00. Mia Et Le Migou, de Jacques-Rémy Girerd (2008, 92 min). Classificação Etária: Livre. Mia tem dez anos e mora numa vila pobre na América do Sul. O pai, Pedro, teve de deixá-la para trabalhar na construção de um luxuoso hotel em meio da floresta amazônica. Mas, forças ocultas da natureza reagem contra o projeto, e Pedro fica preso num túnel subterrâneo. Mia tem uma premonição, e decide partir em uma longa e perigosa jornada para salvar o pai. Para isso, deve atravessar uma floresta amaldiçoada, povoada por diversos seres misteriosos. Enquanto passeia por esse mundo mágico, a menina se depara com as forças da natureza e descobre uma árvore extraordinária.

24 de Agosto, quinta-feira as 19h00. Aya De Yopougon, de Marguerite Abouet e Clément Oubrerie (2013, 90 min). Classificação Etária: Livre. Aya e duas amigas, Adjoua e Bintou, vivem no bairro popular de Yopougon, em Abidjan, na Costa do Marfim. As moças têm 19 anos, idade caracterizada pela liberdade. Enquanto Adjoua e Bintou preferem aproveitar essa virtude saindo à noite e procurando marido, Aya tem a ambição de ser médica. Continuar lendo

23 Ago. 2017: “Nunca Me Sonharam” de Cacau Rhoden – SESC Paço da Liberdade

O SESC Paço da Liberdade recebe o evento de lançamento no Paraná do documentário  Nunca Me Sonharam, de Cacau Rhoden. Após a exibição, o diretor do filme estará presente para falar sobre o filme e debate.

Sinopse: Nunca Me Sonharam nos convida ao diálogo sobre a realidade do Ensino Médio nas escolas públicas do Brasil. Na voz de estudantes, gestores, professores e especialistas, o filme questiona: como nós, enquanto sociedade, estamos cuidando e valorizando a qualidade da educação oferecida aos jovens na fase mais sensível e transformadora da vida deles? Continuar lendo

22 Ago. 2017: “Club Sandwich” de Fernando Eimbcke – Cine na 3ª

O Cine na 3ª exibe Club Sandwich, de Fernando Eimbcke.

Sinopse: Paloma cria sozinha o filho Héctor, de 15 anos de idade. Os dois viajam para um pequeno resort que está vazio devido ser baixa temporada, e passam os dias entediados entre o quarto e a piscina. Quando uma garota da idade de Héctor chega no lugar, o adolescente se interessa por ela. Paloma começa a perceber que o filho já não é criança e ela passa a desenvolver ansiedade, em meio a ciúmes, frustração e  a sensação de que a relação com o filho não voltará a ser como ela está acostumada. Continuar lendo

15 Ago. 2017: “Miss Violence” de Alexandros Avranas – Cine na 3ª

O Cine na 3ª exibe Miss Violence, de Alexandros Avranas.

Sinopse: No dia do aniversário de 11 anos, Angeliki pula da sacada e morre com um sorriso no rosto. Sua família alega não ter sido suicídio, e sim um acidente, e parece conformada com a morte da menina. A família tenta de todas as formas continuar com a vida perfeitamente organizada como sempre teve. Em busca de respostas, promotores começam uma investigação para saber se foi ou não suicídio e quais são os segredos obscuros dessa família aparentemente perfeita. Continuar lendo

12 Ago. 2017: “Casa Grande” de Fellipe Barbosa – Sessão de Sábado

O Sessão de Sábado exibe Casa Grande, de Fellipe Barbosa.

Sinopse: Sônia e Hugo formam um casal da burguesia carioca e levam uma vida bastante confortável. Aos poucos vão à falência, mas ainda ninguém sabe dos problemas financeiros… Nem mesmo o filho Jean, que faz de tudo para se desvencilhar dos pais superprotetores. Para se manter, o casal corta despesas e começa a demitir empregados da casa. Jean, que antes apenas se preocupava com garotas e vestibular, pela primeira vez encara a realidade fora da bolha da classe abastada. Continuar lendo

10 Ago. 2017: “Nostalgia Da Luz” de Patricio Guzmán – CineDocs de 5ª

O CineDocs de 5ª exibe Nostalgia Da Luz, de Patricio Guzmán.

Sinopse: No deserto de Atacama, astrônomos de todo o mundo se reúnem para observar as estrelas. Nessa região do Chile, a três mil metros de altitude, o calor do sol mantém intactos restos humanos. Ao mesmo tempo em que os astrônomos pesquisam as galáxias em busca de vida extraterrestre, mulheres procuram corpos de parentes na terra do deserto, mortos na ditadura militar.  Continuar lendo

25 a 29 Jul. 2017: Mostra de Cinema Espanhol – SESC Paço da Liberdade

O SESC Paço da Liberdade, em parceria com o Instituto Cervantes de Curitiba, realiza a Mostra de Cinema Espanhol. A Mostra exibe dez filmes recentes do país, constituindo um recorte da variedade de gêneros da indústria cinematográfica espanhola contemporânea.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

25 de Julho, terça-feira as 16h00. Não Tenha Medo, de Montxo Armendáriz (2011, 90 min). Classificação: 18 anos. Silvia costumava ser uma menina alegre, até que aos oito anos ela começou a sofrer abusos sexuais pelo pai e ninguém entendeu porquê ela mudara tanto. Agora, com 25 anos, ela decide reconstruir sua vida e tentar esquecer o dramático passado, enfrentando sentimentos e emoções que a mantém ligada à infância, em uma luta pelo controle de seus medos.

Trailer: https://youtu.be/vkblIF95Znc

25 de Julho, terça-feira as 19h00. Flores, de Jon Garaño e José Mari Goenaga (2014, 100 min). Classificação: 7 anos. Ane é uma mulher em crise, descontente com o marido. Um dia, ela recebe flores em casa, sem conhecer o autor do gesto. Aos poucos, começa a receber ramalhetes com frequência, nutrindo um afeto cada vez maior pelo correspondente anônimo. No entanto, uma tragédia envolvendo um colega de trabalho força Ane a também comprar flores, para honrar o falecido. Enquanto enfrenta o luto, ela conhece duas outras mulheres, Tere e Lourdes, respectivamente mãe e esposa do colega morto.

Trailer: https://youtu.be/kTFRCIp_gks Continuar lendo

22 Jul. 2017: “A Fortaleza Escondida” de Akira Kurosawa – Sessão de Sábado

O Sessão de Sábado exibe A Fortaleza Escondida, de Akira Kurosawa.

Sinopse: Durante o Japão do Século 16, um poderoso homem escolta uma bela princesa fugitiva em meio ao território inimigo a caminho de casa. Na viagem cruzam dois medrosos fazendeiros, que estão tentando retornar para casa depois de fugirem da Guerra Feudal. Filme épico que é um dos poucos exemplos de uso de humor na obra de Akira Kurosawa, combinando-o com ação e drama. Continuar lendo